Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2331
Título: Própolis como agente sanitizante para cheiro-verde minimamente processado
Autor(es): Santos, Samantha Nunes dos
Orientador(es): Bracht, Lívia
Palavras-chave: Alimentos - Manuseio
Cloro
Própole
Food handling
Chlorine
Propolis
Data do documento: 24-Fev-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: SANTOS, Samantha Nunes dos. Própolis como agente sanitizante para cheiro-verde minimamente processado. 2014. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2014.
Resumo: Os alimentos minimamente processados vêm sendo bastante procurados atualmente por consumidores que procuram um alimento de boa qualidade, seguro no ponto de vista microbiológico e que atenda as suas necessidades como a praticidade. Dentre eles, um grupo tem se destacado, que são os vegetais. Um alimento que tem sido bastante aceito pelos consumidores é o cheiro-verde minimamente processado, pois é um tempero bastante usado na cozinha brasileira porém que apresenta uma vida de prateleira bastante reduzida. Durante o processamento de alimentos minimamente processados uma das etapas mais importantes é a sanitização, que é fundamental para reduzir a microbiota do alimento garantindo qualidade e um aumento na vida de prateleira do produto. Um dos sanitizantes mais utilizados é o hipoclorito de sódio, porém tem-se certa preocupação com o seu uso por ser considerado precursor na formação de cloraminas orgânicas. O objetivo geral deste trabalho é a substituição do cloro como sanitizante por própolis, um produto natural que tem sua atividade antimicrobiana conhecida. Para isto foram realizadas análises microbiológicas de mesófilos, psicotróficos e fungos, utilizando amostras tratadas com cloro, água e própolis separadamente, nos intervalos de 0,5 e 10 dias após o tratamento. Os resultados mostraram que a própolis foi bastante eficaz na redução de microrganismos mesófilos, psicotróficos e fungos quando comparados com os resultados das amostras tratadas com água e cloro.
Abstract: Minimally processed foods currently have been widely sought after by consumers looking for a good quality food , safe in the microbiological point of view and that meets your needs as practicality . Among them , a group has emerged , which are vegetables . A food that has been widely accepted by consumers is the smell - minimally processed green , it is a spice widely used in Brazilian cuisine but it has a very low shelf life . During processing of minimally processed foods one of the most important steps is the sanitization , which is key to reducing the microbiota of ensuring food quality and increased product shelf life . One of the most sanitizers used is sodium hypochlorite , but there has been some concern about its use to be considered a precursor in the formation of organic chloramines . The general objective of this work is the replacement of chlorine as a sanitizer for propolis, a natural product that has its known antimicrobial activity . For this microbiological mesophilic , psicotróficos and fungi were performed using samples treated with chlorine , water and propolis separately at intervals of 0.5 and 10 days after treatment. The results showed that propolis was effective in reducing mesophilic , psicotróficos microorganisms and fungi when compared with the results of the samples treated with water and chlorine.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2331
Aparece nas coleções:CM - Tecnologia em Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CM_COALM_2013_2_18.pdf781,17 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.