Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2639
Título: Decisões do orçamento participativo e sua inserção no orçamento municipal: estudo de caso no município de São José dos Campos/SP
Autor(es): Castrioto, Ednilson
Orientador(es): Castro, Eduardo Bernardes de
Palavras-chave: Orçamento municipal
Liderança comunitária
Política pública
Municipal budgets
Community leadership
Public policy
Data do documento: 2012
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: CASTRIOTO, Ednilson. Decisões do orçamento participativo e sua inserção no orçamento municipal: estudo de caso no município de São José dos Campos/SP. 2012. 78 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2012.
Resumo: A implementação do processo de orçamentação participativa em São José dos Campos enquadra-se no contexto das mudanças que a sociedade local ensejou através das reuniões ou plenárias do Planejamento Orçamentário e Participativo, POP, que aconteceu no ano de 2013. Baseado na ideia de que o Orçamento Participativo tem um importante mecanismo que contribui para a consolidação da democracia, através da participação direta do cidadão, tendo em vista a tomada de decisões rápidas e de melhor qualidade, asseguradas pelo atendimento de seus objetivos de continuidade, expansão e melhoria na relação com a sociedade, elevando os princípios e fundamentos da gestão pública para excelência. Neste contexto o POP foi elaborado com vistas a objetivos de médio e longo prazo para que se possa ter tempo de implantá-lo em definitivo. Avaliando seu grau de adequação a situação especifica de cada região e procedendo aos ajustes que se fizerem necessários para o seu correto funcionamento, que as atitudes participativas de líderes comunitários e a visão do legislativo sobre o objeto de estudo definiu até que ponto tais medidas adotadas no POP, são realmente válidas de continuidade. Uma proposta foi lançada, uma ideia está sendo construída, e ao final a legitimidade do processo passa pelo crivo e aceitação dos atores envolvidos, que junto ao governo municipal esperam que o favorecido deste processo seja a sociedade como um todo, e o estudo deste caso demonstra para essa realização.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2639
Aparece nas coleções:CT - Gestão Pública Municipal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_GPM_III_2012_15.pdf1,38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.