Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3021
Título: Investigação sobre a pertinência de uma plataforma computacional para condução de práticas participativas
Autor(es): Silva, Victor Hugo Ramos da
Orientador(es): Almeida, Leonelo Dell Anhol
Palavras-chave: Ambientes virtuais compartilhados
Sistemas operacionais distribuídos (Computadores)
CVS (Computação)
Shared virtual environments
Distributed operating systems (Computers)
CVS
Data do documento: 21-Mar-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: SILVA, Victor Hugo Ramos da Silva. Investigação sobre a pertinência de uma plataforma computacional para condução de práticas participativas. 2014. 88 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2014.
Resumo: O envolvimento de stakeholders de maneira democrática e horizontal é um requisito essencial ao projeto de sistemas colaborativos (ou groupware), pois esses sistemas exigem uma maior atenção nos requisitos de interatividade e consciência entre os usuários. O Design Participativo provê técnicas para a elaboração, coleta e documentação de tais atividades. Contudo, a maioria dessas técnicas é realizada de maneira presencial, o que as limita a stakeholders que possam estar reunidos em um mesmo local e um mesmo período de tempo. Ainda, apesar dos resultados positivos, existe certa dificuldade na coleta dos resultados, devido a ação simultânea dos diversos stakeholders durante a execução das técnicas, Portanto, esse trabalho realizou uma investigação inicial sobre a efetividade da utilização de um sistema colaborativo para apoiar as técnicas de Design Participativo. Para isso, foi desenvolvida a ferremanta PDS (Participatory Design Support), tendo como base o modelo de atividade de Engeström (1987), que foi empregado para delimitar e demonstrar as características, contexto e relações, sejam elas consonantes ou conflitantes. O Modelo 3C também foi utilizado para a representação de tais relações e o apoio à compreensão das atividades presentes em situações de colaboração. Resultados envolveram a condução de práticas participativas presenciais e remotas, por meio do PDS, com estudantes da UTFPR, para uma avaliação comparativa, cujas discussões se mostraram promissoras para o avanço de pesquisas na área.
Abstract: The involvement of stakeholders in a democratic and horizontal way is essential for the design of groupware, since these systems need greater attention to requirements of interactivity and awareness among users. The Participatory Design provides techniques for the preparation, collection and documentation of such activities. However, most of these practices are conducted in person, consequently such practices are limited to co-located stakeholders, also, and despite of the already evaluated positive results of such practices, collecting data is a hard activity due to the simultaneous actions of the stakeholders during the conduction of the techniques. Therefore, this work investigated the effectiveness of using a collaborative system to support the Participatory Design techniques. We developed the PDS tool (Participatory Design Support), based on the Engeström’s activity model (1987), which was used to define and demonstrate the features, context and relationships, whether consonant or conflicting. The 3C Model was also used in this research for representating such relationships, and the activities present in collaborative situations. Results involved conducting in- person and remote participatory practices through the PDS, with students of the UTFPR for a comparative evaluation, whose discussions have shown promising for the future research in the area.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3021
Aparece nas coleções:CT - Sistemas de Informação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COBSI_2013_2_03.pdf1,9 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.