Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3187
Título: Estudo comparativo dos padrões motores de crianças praticantes de futsal federados com não federados
Autor(es): Nascimento, Lucas Carneiro do
Orientador(es): Afonso, Carlos Alberto
Palavras-chave: Futsal
Aprendizagem motora
Capacidade motora
Indoor soccer
Motor learning
Motor ability
Data do documento: 20-Ago-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: NASCIMENTO, Lucas Carneiro do. Estudo comparativo dos padrões motores de crianças praticantes de futsal federados com não federados. 2014. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2014.
Resumo: Os padrões motores corretamente desenvolvidos são de importância fundamental na vida das crianças, e deve ser trabalhado principalmente na primeira e segunda infância. A forma de como deve ser trabalhada, essa dimensão, irá trazer benefícios futuros para as crianças. Contudo o presente trabalho tem como objetivo analisar o padrão motor de crianças praticantes de futsal federado com crianças que não são federadas. Foi utilizado o método comparativo com cunho descritivo para a realização do estudo. Foram comparadas crianças com maior exposição ao futsal que aquelas são federadas denominadas grupo M1 (n = 24 crianças), com as que possuem vivência da modalidade, as que não são federadas, o grupo M2 (n = 26 crianças). Para verificar os padrões motores dos indivíduos, foi aplicado o Test of Gross Development – Second Edition (TGMD-2), proposto por Ulrich (2000). Após a coleta de dados, os mesmos foram tabulados e foi utilizado o software Easy TGMD2 V. 1.0 proposto por Souza (2008) para determinar os padrões locomotores e de controle de objetos, bem como o padrão motor geral, conforme o desempenho de cada participante na execução do TGMD-2. Assim foi aplicada a estatística descritiva para calcular média e desvio padrão das variáveis: idade cronológica, idade locomotora, atraso locomotor, idade controle de objetos, atraso controle de objetos e quociente motor, em ambos os grupos estudados. Utilizou-se posteriormente o teste Kolmogorov-Smirnov para verificação da normalidade e o teste de Mann-Whitney para menor verificar possíveis diferenças entre os dois grupos (p>0,05). Após análise dos dados chegou-se a conclusão de que não houve diferença significativa no padrão motor entre os grupos M1 e M2. Porém notou-se um desempenho motor abaixo do esperado. Em ambos os grupos a maioria dos participantes foram classificados com média ou abaixo da média em todas as variáveis. O padrão motor destas crianças não se encontra de acordo com a idade cronológica das mesmas.
Abstract: Correctly developed motor skills are fundamental inkids' life, and should be focused on mainly in the first and second part of childhood. Motor skills, worked in this dimension, will benefit the future of children. This paper has a goal to analyze the motor skills of kids that practice indoor soccer both federated and non-federated. The comparative method was used in a descriptive way for the execution of this research. The federated players, more exposed to the indoor soccer, denominated as group M1 (n = 24 kids), were compared with those who weren’t federated, denominated as group M2 (n = 26 kids). To check the individual motor skills, the Test of Gross Development– Second Edition (TGMD-2), was applied and proposed by Ulrich (2000). After the collection of data, they were tabulated and then entered into the software Easy TGMD-2 V. 1.0 proposed by Souza (2008) to determine the locomotor skills and control of objects, as well as general motor skills, according to the performance of each participant on the TGMD-2.So, as a next step was applied the descriptive statistic to calculate the average and the pattern deviation of the following variables: chronological age, locomotor age, locomotor delay, age of control of objects, delay of control of objects and the motor quotient, in both groups studied. Posteriorly, the Kolmogorov-Smirnov test was used to verify the normality, and the Mann-Whitney test to verify possible differences between both groups (p>0.05). After the analysis of the data, was analyzed the conclusion of that there weren't significant differences in the motor skills between the group M1 and M2. However, it was noted that there was a lower expected motor performance. In both groups, the majority of participants were classified with motor skills lower than the average in all variables. The motor skills of these kids are not in accordance with their chronological age.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3187
Aparece nas coleções:CT - Educação Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COEFI_2014_1_07.pdf1,41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.