Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3269
Título: Estado participativo versus estado assisitencialista sob a ótica do município de Tremembé SP
Autor(es): Alvarenga, Luiz Eduardo
Orientador(es): Rasoto, Armando
Palavras-chave: Política pública
Política social
Assistência social
Public policy
Social policy
Charities
Data do documento: 26-Fev-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: ALVARENGA, Luiz Eduardo. Estado participativo versus estado assisitencialista sob a ótica do município de Tremembé SP. 2012. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2012.
Resumo: O presente estudo tem como objetivo analisar alguns aspectos da complexa relação entre Estado e Cidadão, em especial, no município de Tremembé SP onde trabalho. Justifico a escolha desse tema por ser um assunto que me desafia, considerando a sua relevância. O cidadão está aí jogado neste mundo. Ou colocado, nascido... Esta análise parece ser pacífica, já as suas decorrências não. Muitas ponderações podem ser feitas sobre isso. Não há dúvidas de que o nosso modelo de Estado é Participativo. O que se busca aqui é ter uma visão da caminhada social, para saber se as políticas implementadas hoje incentivam a melhoria das condições de vida das pessoas e, consequentemente o crescimento social, ou se está incentivando o assistencialismo e caminhando na direção contrária. Mormente a conjuntura política nacional já está trabalhando para as eleições majoritárias do ano de 2014, a corrida já teve início e polui as nossas mentes através de todos os meios de comunicação possíveis. Muito embora os fins nunca devessem justificar os meios, parece que a práxis política brasileira se queda facilmente, em troca de votos e sustentação popular e, de uma forma triste, pode acabar incentivando o assistencialismo e provocando um grande atraso em nossa história que deveria ser de progresso.
Abstract: The present study aims to analyze some aspects of the complex relationship between state and citizen, in particular, in the municipality of Tremembe SP where I work. Justify the choice of this theme to be a subject that challenges me, considering its relevance. The citizen is thrown around in this world. Or placed, born... This analysis seems to be peaceful, since their derivations not. Many considerations can be made about it. There is no doubt that our state model is participatory. What is sought here is to have a vision of social walk, to see if the policies implemented today encourage the improvement of living conditions of the people and hence social growth, or is encouraging the welfare and walking in the opposite direction. Especially the domestic political context is already working for the statewide elections of 2014, the race has already started and pollute our minds through all the media possible. Although the ends never justify the means ought, it seems that the Brazilian political praxis fall easily in exchange for votes and popular support, and in a sad way, may end up encouraging the welfare and causing a big delay in our history that should be progress .
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3269
Aparece nas coleções:CT - Gestão Pública Municipal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_GPM_III_2012_15.pdf336,48 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.