Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3273
Título: Inclusão de criança com deficiência auditiva no ensino regular no município de Itapetininga
Autor(es): Silva, Darlene Cristina Dantas da
Orientador(es): Bassetto, Luci Ines
Palavras-chave: Crianças com deficiências do desenvolvimento
Educação inclusiva
Aprendizagem
Developmentally disabled children
Inclusive education
Learning
Data do documento: 6-Dez-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: SILVA, Darlene Cristina Dantas da. Inclusão de criança com deficiência auditiva no ensino regular no município de Itapetininga. 2013. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
Resumo: O presente trabalho visa relacionar o conceito de inclusão na rede Municipal de ensino na cidade de Itapetininga, com crianças de 05 a 12 anos de idade, bem como a forma de inclusão está ocorrendo. Ao longo dos séculos houve uma série de mudanças conceituais sobre a deficiência e sobre o tratamento dispensado pela sociedade aos cidadãos que apresentavam dificuldades motoras, mentais ou sensoriais de qualquer nível. Ao repensarmos a situação do processo inclusivo, nos remetemos a uma ideia de uma sala de aula com diversas crianças com ou sem qualquer tipo de deficiência. Entretanto, esta realidade ainda se encontra um pouco distante. No capítulo 1, abordaremos a revisão de literatura, permeando questões sobre os aspectos gerais da deficiência, buscando compreender conceitos técnicos da deficiência auditiva e como a criança com deficiência auditiva se desenvolve e os tipos de tecnologias hoje existentes para a reabilitação auditiva. O capítulo 2, versará sobre as questões metodológicas, bem como sobre os aspectos históricos da inclusão no município de Itapetininga, quantidade de alunos incluídos, perfil desses alunos, e a rede de apoio de tratamento especializado oferecido em nosso município, a saber: AADAI, AEE e FUNCRAF. A educação especial não mais pode ser olhada como um sistema paralelo à educação geral e sim dela faça parte como um conjunto de recursos pedagógicos e de serviço de apoio, que facilitem a aprendizagem de todos esses alunos incluídos no ensino regular.
Abstract: The present work aims to relate the concept of inclusion in Municipal schools in the city of Itapetininga with children aging from 05 to 12 years old, as well as the form of inclusion is occurring. Over the centuries there have been a series of conceptual changes on disability and on the treatment by society citizens who had motor, sensory or mental difficulties at any level. In Chapter 1, we discuss the literature review, permeating questions about general aspects of disability, seeking to understand technical concepts of hearing loss and how the child with hearing loss is developed and the types of existing technologies for hearing rehabilitation. Chapter 2 will focus on methodological issues as well as the historical aspects of inclusion in Itapetininga, number of students included, listing these students, and support of specialized treatment offered in our county network, namely: AADAI, AEE e FUNCRAF. Special education can no longer be seen as a parallel to the general education system, but part of it as a set of learning resources and support services that facilitate the learning of all these students included in regular education .
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3273
Aparece nas coleções:CT - Gestão Pública Municipal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_GPM_III_2013_19.pdf536,92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.