Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3373
Título: Ensino de Química em Libras: inclusão e os desafios da linguagem
Autor(es): Moraes, Thiago de
Orientador(es): Rocha, Raquel Dalla Costa da
Palavras-chave: Educação inclusiva
Inclusão escolar
Lingua brasileira de sinais
Química - Estudo e ensino
Inclusive education
Mainstreaming in education
Brazilian sign language
Chemistry - Study and teaching
Data do documento: 10-Jun-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: MORAES, Thiago de. Ensino de Química em Libras: inclusão e os desafios da linguagem. 2014. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2014.
Resumo: Esta pesquisa refere-se ao ensino de Química a alunos surdos e aos desafios gerados – e também solucionados – por questões da linguagem. Para isso, acompanhou-se durante duas semanas, o processo de ensino aprendizagem de um aluno surdo do Ensino Médio em aulas de Química de uma escola pública da cidade de Pato Branco. É fato que a Educação pode e deve ser uma ferramenta primordial na promoção da inclusão social, especificamente, quando se trata de alunos com necessidades especiais, como no caso de alunos surdos. No entanto, essa inclusão passa, necessariamente, pela aquisição e desenvolvimento de uma linguagem própria que, no caso de pessoas surdas, dá-se através da Libras. A falta de determinadas terminologias científicas, em especial de termos químicos na Língua de Sinais, constitui uma barreira para o desenvolvimento de conceitos científicos e, consequentemente, provoca hiatos no processo ensino aprendizagem colocando em xeque o intento de educação inclusiva. O Brasil tem avançado no que se refere às garantias legais dos surdos, sobretudo com a oficialização da Lei nº 10.436 de 2002 e o decreto 5.626 de 2005 que preveem a formação de profissionais capacitados para atender às demandas desse público. No entanto, como se pode observar no desenvolvimento da pesquisa, o simples acolhimento desses alunos em classes regulares não configura a inclusão pretendida com tais leis. Essa inclusão passa, indubitavelmente, pela construção de uma cultura surda representativa, vivenciada não só pelos e para os surdos, mas pela sociedade como um todo.
Abstract: This research refers to the teaching of chemistry to deaf students and challenges generated - and solved - by issues of language. For that, if accompanied for two weeks, the process of teaching and learning of a deaf student in High School Chemistry classes in a public school in the city of Pato Branco. It is a fact that education can and should be a key tool in promoting social inclusion, in addition, when it comes to students with special needs, as in the case of deaf students. However, this inclusion necessarily involves the acquisition and development of a unique language that, in the case of deaf people, occurs through the Libras. The lack of specific scientific terminology, in particular chemical terms, the sign language is a barrier to the development of scientific concepts and hence causes gaps in the teaching- learning process jeopardizing the intent of inclusive education. Brazil has advanced in regard to the legal guarantees of the deaf, especially with the implementation of Law No. 10.436 of 2002 and Decree 5.626 of 2005, which provide for the development of trained to meet the demands of this public professionals. However, as can be seen in the research, the simple host these students in regular classes do not configure the desired inclusion with such laws. This inclusion shall, undoubtedly, by constructing a representative deaf culture, experienced not only by and for the deaf, but by society as a whole.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3373
Aparece nas coleções:PB - Licenciatura em Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_DAQUI_2014_1_05.pdf384,84 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.