Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3441
Título: Telhado verde, energia embutida e emissão de CO2: uma análise comparativa a sistemas de cobertura convencionais
Autor(es): Lopes, Thais Vieira
Orientador(es): Tavares, Sergio Fernando
Palavras-chave: Telhados
Construção civil - Sustentabilidade
Arquitetura
Roofs
Building - Sustainability
Architecture
Data do documento: 26-Abr-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: LOPES, Thais Vieira. Telhado verde, energia embutida e emissão de CO2: uma análise comparativa a sistemas de cobertura convencionais. 2014. 92 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2014.
Resumo: O crescimento populacional urbano das últimas décadas trouxe um grande impacto para a área urbana, seja na redução de áreas permeáveis nas cidades, seja nos impactos causados pela construção civil acelerada para atender à esta demanda. Neste sentido o uso de telhados verdes pode surgir como uma alternativa para combater alguns dos efeitos do adensamento urbano atual, como a redução de ilhas de calor, melhoria da qualidade do ar e da água dos ambientes, e na qualidade das edificações. Os telhados verdes são uma técnica construtiva milenar, e nas últimas décadas tem tomado uma conotação cada vez mais sustentável no sentido de produzir um menor impacto ambiental se comparado a sistemas de cobertura convencionais. A partir disso o trabalho procura analisar sete sistemas construtivos, que vão de coberturas convencionais em laje pré-moldada e coberturas cerâmicas a propostas de utilização de telhado verde com estrutura em madeira, ou ainda sobre uma laje pré-moldada. Para isso foram utilizadas tabelas de composição e quantificação dos materiais em 7 sistemas de cobertura analisados, para em seguida calcular os valores de Energia Embutida (MJ) e emissão de CO2 desses materiais. Com isso pode-se comparar entre os sete sistemas quais seriam os de menor impacto em termos de Energia Embutida e CO2. Conclui-se que três dos sistemas de cobertura verdes tiveram índices de EE e emissão de CO2 menores do que as coberturas convencionais com laje cerâmica, sendo portanto uma alternativa eficiente às coberturas em laje cerâmica, do ponto de vista do menor impacto ambiental.
Abstract: Urban population growth in recent decades has brought a big impact to the urban areas, as in the reduction of permeable areas in cities, as the impacts caused by the accelerated building construction to complete this demand. Therefore the use of green roofs may emerge as an alternative to contest some of the effects of the actual urban density, such as the reduction of heat islands, improving the quality of air and water environments, and the quality of the buildings. Green roofs are a millenary construction technique, and in recent decades have taken an increasingly sustainable connotation producing a lower environmental impact compared to conventional roofing systems. So the paper analyzes seven construction systems ranging from conventional roofing precast slab and ceramic covers to propose the use of green roof wooden structure, or on a precast slab. Tables of composition and quantification of these 7 roofing materials systems were analyzed to then calculate the values of embodied energy (MJ) and CO2 emissions. However you can compare among the seven systems which would have the lowest impact in terms of embodied energy and CO2. The conclusion was that the three green roof systems have indices of EE and CO2 smaller than conventional roofing tile with the slab, thus being an efficient alternative to the coverage ceramic slab, from the viewpoint of reduced environmental impact.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3441
Aparece nas coleções:CT - Construções Sustentáveis

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_CECONS_III _2014_241,85 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.