Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3472
Título: Análise ergonômica do trabalho manuseio de válvulas de um sistema de filtro de carvão e implementação de automação no sistema de aberturas de válvulas
Autor(es): Oliveira, Fabiano Prudêncio de
Orientador(es): Catai, Rodrigo Eduardo
Palavras-chave: Ergonomia
Postura humana
Segurança do trabalho
Human engineering
Posture
Industrial safety
Data do documento: 25-Out-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: OLIVEIRA, Fabiano Prudêncio de. Análise ergonômica do trabalho manuseio de válvulas de um sistema de filtro de carvão e implementação de automação no sistema de aberturas de válvulas. 2013. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
Resumo: A presente pesquisa trata de um estudo de caso realizado em uma empresa no seguimento de tratamento de águas e condensado localizado na cidade de Araucária/PR. Cujo objetivo é analisar as condições de trabalho dos operadores durante as manobras de abertura e fechamento de válvulas de uma unidade de filtro de carvão, através da aplicação da metodologia da análise ergonômica do trabalho – AET. Através de pesquisa e analise com questionário, foram identificadas as maiores queixas com relação a dores durante a realização do trabalho. As atividades dos operadores durante as manobras das válvulas propiciam a aparição destas dores devido ao trabalho rotineiros, esforço físico excessivo e ritmo acelerado para fechamento de ciclo do processo operacional. As condições organizacionais, ambientais e posicionamentos dos equipamentos (válvulas) também contribuem para a problemática do setor. Já que a operação faz parte do fluxo do processo produtivo sendo realizada esta manobra varias vezes ao longo da jornada de trabalho, cuja adoção de uma má postura somada a posicionamento de equipamentos inadequados, contribui para o aumento das dores. Mediante os levantamentos apontados neste estudo ergonômico, foram realizadas as devidas adequações do posto de trabalho implementado os sistemas de automação e substituído às válvulas manuais por válvulas de controle, dando melhor qualidade e segurança aos operadores deste processo, eliminando os riscos ergonômicos e riscos de acidentes inerentes à atividade.
Abstract: This research is a case study in a company following water treatment and condensate located in Araucaria / PR. Whose goal is to analyze the working conditions of operators during the maneuvers of valve openings and closings of one unit of carbon filter, by applying the methodology of ergonomic analysis - AET. Through research and analysis with questionnaire identified the biggest complaints regarding pain during the course of the work. The activities of operators during maneuvers valves provide the appearance of these pains due to the work routine, excessive physical exertion and pace for closing cycle of the operational process. Organizational conditions, environmental and positioning of equipment (valves) also contribute to the problems of the sector. Since the operation is part of the flow of the production process being performed this maneuver several times throughout the workday, which adopt a poor posture coupled with inadequate equipment placement, contributes to the increase of pain. Through surveys pointed this ergonomic study, the necessary adjustments were done the job implemented automation systems and replaced the manual valves for control valves, giving improved quality and safety to the operators of this process, eliminating ergonomic hazards and risks of accidents inherent in the activity.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3472
Aparece nas coleções:CT - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_CEEST_XXVII_2014_10.pdf1,29 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.