Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3849
Título: Análise ergonômica de professores em salas de aula do ensino médio do Colégio Estadual do Paraná
Autor(es): Sakai, Rodrigo Alexssandro
Orientador(es): Hara, Massayuki Mário
Palavras-chave: Ergonomia
Professores - Fatores de risco
Segurança do trabalho
Qualidade de vida no trabalho
Human engineering
Teachers - Risk factors
Industrial safety
Quality of work life
Data do documento: 5-Mar-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: SAKAI, Rodrigo Alexssandro. Análise ergonômica de professores em salas de aula do ensino médio do Colégio Estadual do Paraná. 2015. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2015.
Resumo: Esta pesquisa trata de um estudo de caso realizado no Colégio Estadual do Paraná localizada na cidade de Curitiba. Cujo objetivo é analisar as condições de trabalho dos professores do ensino médio, que trabalham em salas de aulas do colégio, através da aplicação da metodologia da analise ergonômica do trabalho – AET. Foi constatada através da pesquisa que a faixa etária e bem distribuída e que o grau de escolaridade é de superior completo e com mais de dez anos de serviço. Através de questionário e analise da atividade detectou que as maiores queixas com relação a dores são referente à região cervical (pescoço e coluna cervical) e membros superiores (ombro, braço e mãos) seguido da coluna região lombar. A atividade de professor propicia a aparição destas dores devido ao trabalho repetitivo, aplicação de força, movimento de torção e ritmo acelerado de trabalho. As condições organizacionais, ambientais e de equipamentos também contribui para a problemática das salas de aula. Já que os professores tem uma longa jornada de trabalho, cuja adoção de uma má postura somado a equipamentos inadequados, contribui para o aumento das dores. O estudo conclui que a atividade de professor, por suas características operacionais, organizacionais, contribui significativamente para o desenvolvimento de problemas musculares e de saúde ocupacional.
Abstract: This research is a case study in Paraná State College located in Curitiba. Aiming to examine the high school teachers' working conditions, working in college classrooms, by applying the methodology of ergonomic analysis of work - AET. It has been found through research that the age range and well distributed and the level of education is a college and with over ten years of service. Through questionnaire and analyze the activity detected that the biggest complaints regarding pain are related to the cervical region (neck and cervical spine) and upper limbs (shoulder, arm and hands) followed lumbar spine. Teacher's activity provides the appearance of these pain due to repetitive work, application of force, twisting motion and accelerated pace of work. The organizational, environmental and equipment also contributes to the problem of classrooms. Since teachers have a hard day's work, the adoption of a bad posture coupled with inadequate equipment, contributing to the increase in pain. The study concludes that the teaching activity, by its operational, organizational characteristics, contributes significantly to the development of muscle problems and occupational health.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3849
Aparece nas coleções:CT - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_CEEST_XXIX_2015_29.pdf799,7 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.