Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3965
Título: O mágico de oz: subversão do gênero maravilhoso
Autor(es): Bavaresco, Thalita Juliane
Orientador(es): Almeida, Rogério Caetano de
Palavras-chave: Literatura fantástica
Personagens literários
Literatura infantojuvenil
Fantasy literature
Characters and characteristics in literature
Juvenile literature
Data do documento: 12-Fev-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: BAVARESCO, Thalita Juliane. O mágico de oz: subversão do gênero maravilhoso. 2015. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2015.
Resumo: O presente Trabalho de Conclusão de Curso tem por objetivo averiguar quais das 31 funções dos personagens propostas por Vladmir I. Propp (publicado pela primeira vez em 1928) se encontram presentes no livro O Mágico de Oz (do original The Wonderful Wizard of Oz, de 1900), de Lyman Frank Baum, verificando como elas alteram o percurso da narrativa, além de discutir as questões pertinentes propostas por Barthes (1973), Bremond (1973), Genette (1973), Greimas (1973) e Todorov (1973).
Abstract: This research aims to ascertain which of the thirty-one characters’ functions proponed by Vladimir I. Propp (first published in 1928) are presented in the book The Wonderful Wizard of Oz (first published 1900), written by Lyman Frank Baum, examining how they change the narrative path, besides discussing relevant questions purposed by Barthes (1973), Bremond (1973), Genette (1973), Greimas (1973) and Todorov (1973).
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3965
Aparece nas coleções:CT - Licenciatura em Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COLET_2014_2_15.pdf
  Disponível a partir de 4999-12-31
348,79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.