Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4504
Título: Avaliação da repelência de extratos vegetais sobre a barata Periplaneta americana (L.) visando controle alternativo de pragas e a redução de impactos ambientais
Autor(es): Vicente, Reginaldo Rodrigues
Orientador(es): Costa, Michelle Budke
Palavras-chave: Inseto - Controle
Inseto nocivo - Controle biológico
Impacto ambiental
Insect pest - Control
Insect pests - Biological control
Environmental impact statements
Data do documento: 5-Abr-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Medianeira
Referência: VICENTE, Reginaldo Rodrigues. Avaliação da repelência de extratos vegetais sobre a barata Periplaneta americana (L.) visando controle alternativo de pragas e a redução de impactos ambientais. 2014. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2014.
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito repelente de extratos vegetais sobre Periplaneta americana (L.). Para os testes foram utilizados extratos aquosos a 10% de louro (Laurus nobilis Linn. 1753), eucalipto (Corymbia citriodora Hook. 1995), cinamomo (Melia azedarach Linn. 1753), mamona (Ricinus communis L.), jabuticaba (Myrcia cauliflora Berg.) e jambolão (Syzygium cumini Lam.) e nim (Azadirachta indica A. Juss). Utilizou-se uma arena de tubo de PVC, com uma placa de Petri forrada com papel filtro contendo 1ml do extrato e mais 3g substrato. Foram liberadas 10 ninfas sendo as avaliações realizadas no tempos de 5 minutos e 1, 4, 8, 12 e 24 h, sendo contado o número de insetos em contato com o extrato durante 5 repetições. Com base no Índice de Repelência (IR), os extratos de nim (IR=0,65), mamona (IR=0,67), louro (IR=0,72), eucalipto (IR=0,89) e jambolão (IR=0,90) se mostraram repelentes enquanto os extratos de jabuticaba (IR=1,12) e cinamomo (IR=1,43) se mostraram atrativos pelo índice. Os resultados fornecem relevantes dados visando o controle alternativo de Periplaneta americana, onde estudos posteriores podem levar ao desenvolvimento de repelentes, minimizando assim o uso de químicos.
Abstract: This study aimed to evaluate the repellent effect of plant extracts on Periplaneta americana (L.). For testing aqueous 10% laurel (Laurus nobilis Linn. 1753), eucalyptus extracts were used (Corymbia citriodora Hook. 1995), chinaberry (Melia azedarach Linn. 1753), castor bean (Ricinus communis L.), blemish (Myrcia cauliflora Berg.) and jambolan (Syzygium cumini Lam) and neem (Azadirachta indica A. Juss). We used a PVC pipe ring with a petri dish lined with filter paper containing 1 ml of extract and more 3g substrate. 10 nymphs were released and the evaluations done in times of 5 minutes and 1, 4, 8, 12 and 24 h, and counted the number of insects on contact with the extract for 5 repetitions. Based on the repellency index (RI), neem extracts (IR = 0.65), castor (IR = 0.67), Blonde (IR = 0.72), eucalyptus (IR = 0.89) and jambolan (IR = 0.90) were repellent as extracts blemish (IR = 1.12) and cinnamon (IR = 1.43) were attractive by index. The results provide relevant data regarding alternative control Periplaneta americana, which further studies may lead to the development of repellents thereby minimizing the usage of chemicals.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4504
Aparece nas coleções:MD - Gestão Ambiental em Municípios

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MD_GAMUNI_2014_2_12.pdf205,64 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.