Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4612
Título: Gerenciamento de resíduos da Construção civil no município De São Carlos - SC
Autor(es): Skowronski, Paulo Cesar
Orientador(es): Edwiges, Thiago
Palavras-chave: Construção civil
Gestão integrada de resíduos sólidos
Construção civil - Legislação
Building
Integrated solid waste management
Building laws
Data do documento: 12-Abr-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Medianeira
Referência: SKOWRONSKI, Paulo Cesar. Gerenciamento de resíduos da Construção civil no município de São Carlos - SC. 2013. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2013.
Resumo: A crescente necessidade das pessoas em adquirir imóveis residenciais tem aumentando significativamente o número de empresas e mesmo autônomos que desenvolvem atividades na construção civil em nosso país. Aliado a essa necessidade, vários são as formas de financiamentos do governo voltados para a população ter casa própria ou mesmo sua empresa, o que gerou aumento no número de edificações e grande produção de Resíduos da Construção Civil - RCC, principalmente entulhos nos canteiros de obras. Esta realidade é nacional, inclusive em pequenas cidades, como São Carlos (SC). Nesse contexto, a presente pesquisa tem por objetivo principal: avaliar a situação em que as empresas e autônomos fazem a reciclagem e o reaproveitamento dos RCCs neste município. A elaboração deste trabalho foi realizado através de: revisão bibliográfica, pesquisa de campo e visitas em locais de geração, armazenamento e destinação final dos RCCs. Os resultados mostram que: 1) Os RCCs do município em estudo eram compostos por diversos materiais (acimentados, latas, plásticos, entre outros) e que, de acordo com normas legais brasileiras vigentes, em especial as ambientais, não estão recebendo o destino adequado e, tampouco, tratamento necessário para impedir a degradação do meio ambiente; 2) Empresas e autônomos que se dedicam ao ramo da construção civil ainda não possuem conhecimento adequado (e/ou suficiente) para classificar e destinar corretamente as sobras e rejeitos de suas obras; 3) Há interesse e preocupação das empresas e autônomos que desenvolvem atividades na construção civil de São Carlos (SC) com os resíduos, sendo que reciclam o que podem reaproveitar, mas a maior parte destinam à coleta municipal, sendo por esta depositado em local a céu aberto, sem qualquer tratamento. Considerando que a legislação federal e a Resolução CONAMA 307/2002 (e suas atualizações) regulamentam a implementação da gestão dos resíduos da construção civil (Plano Integrado de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil) a ser elaborado pelosMunicípios e pelo Distrito Federal, sugere-se a implementação deste instrumento pelo Poder Público do Município de São Carlos (SC). Promovendo, inclusive, seu envolvimento através de: orientação e capacitação de empresas e trabalhadores; alternativas de reutilização dos RCCs; e local adequado para destino destes rejeitos. Diante de eventuais infrações às normas estabelecidas sugere-se, enfim, advertência e, finalmente, multas de acordo com as possibilidades legais.
Abstract: The growing need for people to acquire residential properties has significantly increased the number of companies and even freelancers who develop activities in construction in our country. Allied to this need, there are several forms of government funding directed at the population have their own home or even company, which generated an increase in the number of buildings and large production Waste Construction - RCC, mainly in debris at construction sites. This reality is national, even in small towns like San Carlos (SC). In this context, this research aims, among others: to evaluate the situation in which companies and freelance make recycling and reuse of CCRs in this county. The preparation of this work was accomplished through: literature review, fieldwork and visits to local generation, storage and disposal of CCRs. The results show that: 1) The RCCs the city under study is composed of various materials (cemented, cans, plastics, etc.) and that, in accordance with applicable Brazilian laws, in particular environmental, are not getting the appropriate destination and neither necessary to prevent environmental degradation treatment; 2) Companies and freelancers who are dedicated to the building industry still do not have adequate (and/or sufficient) knowledge to correctly classify and allocate the surplus and waste of his works and 3) There is interest and concern of businesses and freelancers who develop activities in the construction of San Carlos (SC) with the waste, and recycle what they can reuse, but most are designed for municipal collection, this being deposited in local the open, without any treatment. Whereas federal law and CONAMA Resolution 307/2002 (and its updates) govern the implementation of the waste management for construction (Integrated Waste Management Plan Construction) being prepared by the Municipalities and the Federal District, it is suggested the implementation of this instrument by the Government of São Carlos (SC). Promoting inclusive involvement through: orientation and training of workers and enterprises; alternatives for reuse of CCRs, and suited to target these tailings site. Face of possible violations of the standards set is suggested, finally, warning and ultimately fines in accordance with the legal possibilities.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4612
Aparece nas coleções:MD - Gestão Ambiental em Municípios

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MD_GAMUNI_2014_2_61.pdf755,64 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.