Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5005
Título: Contaminação fúngica em sementes de linhaça comercializadas no município de Campo Mourão
Autor(es): Halateno, Walter da Silva
Orientador(es): Perdoncini, Márcia Regina Ferreira Geraldo
Palavras-chave: Linhaça
Fungos
Alimentos - Contaminação
Flaxseed
Fungi
Food contamination
Data do documento: 17-Jun-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: HALATENO, Walter da Silva. Contaminação fúngica em sementes de linhaça comercializadas no município de Campo Mourão. 2016. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2016.
Resumo: A semente de linhaça (Linum usitatissimum L.) é reconhecidamente uma das maiores fontes dos ácidos graxos essenciais ômega 3 e ômega 6, além de fibras e compostos fenólicos, conhecidos por possuírem atividade antioxidante e devido a suas propriedades específicas contra o câncer. No entanto, esse alimento pode ser alvo da presença de fungos, que podem interferir em sua qualidade. O objetivo deste trabalho foi analisar a contaminação fúngica de sementes de linhaça comercializadas na cidade de Campo Mourão PR. Foram feitas análises em triplicata em 10 amostras da linhaça marrom, pela técnica do plaqueamento direto das sementes com desinfecção de superfície e sem desinfecção de superfície. Os resultados foram expressos em porcentagem de contaminação fúngica. Todas as amostras apresentaram contaminação fúngica e as amostras que passaram por tratamento de superfície tiveram crescimento fúngico reduzido. Foram identificados os gêneros predominantes de fungos, sendo eles Aspergillus, Penicillium, Mucor, Rhizopus, Alternaria e Cladosporium, evidenciando a necessidade de melhoria no controle de qualidade desse alimento.
Abstract: Linseed (Linum usitatissimum L.) is recognized as a major source of omega 3 and omega 6 essential fatty acids, in addition to fiber and phenolic compounds known by possess antioxidant activity and due to its specific properties against cancer. However, this food can be the target of the presence of fungi, that may interfere with their quality. The objective of this study was to analyze the fungal contamination of Linseed marketed in Campo Mourão PR. Analyzes were performed in triplicate in 10 brown linseed samples, by direct plating technique with seed surface disinfection and no surface disinfection. The results were expressed as percentage of fungal contamination. All samples showed fungal contamination and samples which have undergone surface treatment had reduced fungal growth. The predominant genera of fungi were identified, namely Aspergillus, Penicillium, Mucor, Rhizopus, Alternaria e Cladosporium, showing the need for improved quality control of these food.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5005
Aparece nas coleções:CM - Tecnologia em Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CM_COALM_2016_1_01.pdf842,27 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.