Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5013
Título: Emprego de auxiliar natural de floculação para remoção de cor pelo processo de coagulação/floculação
Autor(es): Pinguelo, Gigliolla Caroline Biason
Orientador(es): Medeiros, Flávia Vieira da Silva
Palavras-chave: Quiabo
Águas residuais - Purificação - Floculação
Indústria têxtil
Biopolímeros
Okra
Sewage - Purification - Flocculation
Textile industry
Biopolymers
Data do documento: 7-Jul-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: PINGUELO, Gigliolla Caroline Biason. Emprego de auxiliar natural de floculação para remoção de cor pelo processo de coagulação/floculação. 2015. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2015.
Resumo: O processamento têxtil é gerador de grande quantidade de despejos altamente poluidores que são tóxicos ao homem e ao meio ambiente. Uma das principais características dos efluentes provenientes da indústria têxtil é a presença de cor. Neste trabalho, avaliou-se o emprego do polímero natural do Abelmoschus eschulentus (L.) Moench (quiabo) como auxiliar de floculação para remoção de cor de solução aquosa preparada com corante têxtil vermelho pelo processo de coagulação/floculação. Pelo método da varredura foram determinados o comprimento de onda (274nm) a curva de calibração para este corante. Com ajuda de um planejamento fatorial 2³, foi possível realizar oito ensaios variando as concentrações de coagulante químico, corante e auxiliar de floculação. Os melhores resultados de remoção de cor e volume de lodo nestes ensaios foram encontrados quando a concentração de coagulante estava no nível inferior. Para um melhor detalhamento destes resultados, foi desenvolvido um modelo matemático utilizando o método dos mínimos quadrados parciais. As curvas de distribuição de probabilidade normalizada para os efeitos padronizados e também superfícies de respostas, possibilitaram confirmar que os melhores resultados encontram-se nos valores inferiores de coagulante químico e de corante, que a concentração de auxiliar de floculação não interfere no resultado final e assim, a partir do modelo matemático e das superfícies de resposta, foram escolhidas as concentrações que promoveriam a maior remoção de cor e a maior geração de lodo. As concentrações encontradas foram: 0,75 g/L de coagulante químico, 0,075 g/L de corante e 0,1 e 0,2 mL de auxiliar de floculação. Nestas condições, houve aproximadamente 97% de remoção da cor. Para a avaliação do lodo gerado, foi analisado o seu volume utilizando-se cones Imhoff, a densidade, umidade, matéria orgânica e alumínio. Dessa forma, foi possível concluir que os melhores resultados foram alcançados com concentrações de coagulante e corante no nível inferior e que a concentração de auxiliar de floculação não interferiu no resultado, o que não significa que a sua presença não seja importante. Assim, é demonstrado que a aplicação da solução de quiabo como auxiliar de floculação é promissora para melhorar a remoção de cor de efluentes têxteis.
Abstract: The textile processing is large amount of highly polluting dumps generator that are toxic to humans and the environment. A key feature of effluents from textile industry is the presence of color. In this work, we evaluated the use of natural polymer Abelmoschus eschulentus (L.) Moench (okra) as an auxiliary flocculation for color removal of aqueous solution prepared with red textile dye by coagulation / flocculation process. By sweeping method were determined wavelength (274nm) calibration curve for this dye. With the help of a factorial design 2³, it was possible eight trials varying the chemical coagulant concentrations, dye and flocculation aid. The best color removal and sludge volume results in these tests were found when the coagulant concentration was in the lower level. For a more detailed these results, it developed a mathematical model using the method of least squares. This method normalized probability distribution curves were constructed for the purpose and also standardized response surfaces, which allowed confirm that the best results are lower than the values of chemical coagulant and dye, the concentration of flocculation aid does not interfere and so the end result from the mathematical model and the response surfaces, concentrations that would promote the greater color removal and greater sludge generation were chosen. The concentrations were: 0.75 g / L of chemical coagulant, 0.075 g / L and dye 0.1 and 0.2 ml of flocculating aid. Accordingly, there was approximately 97% color removal. For the evaluation of the generated sludge, the volume generated was analyzed using Imhoff cones, density, moisture, organic matter and aluminum. Thus, it was concluded that the best results were achieved with coagulant concentrations and dye on the lower level and flocculation aid concentration did not affect the result, which does not mean that their presence is not important. Thus, it is demonstrated that the application of okra solution as flocculating aid is promising to improve the color removal of textile effluents.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5013
Aparece nas coleções:CM - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CM_COEAM_2015_1_07.pdf
  Disponível a partir de 2020-08-01
1,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.