Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5022
Título: Determinação de antioxidantes em alho (Allium sativum, L.) utilizando espectroscopia e quimiometria
Autor(es): Leme, Luiza Mariano
Orientador(es): Março, Paulo Henrique
Palavras-chave: Alho
Antioxidantes
Espectroscopia de infravermelho
Garlic
Antioxidants
Infrared spectroscopy
Data do documento: 27-Nov-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: LEME, Luiza Mariano. Determinação de antioxidantes em alho (Allium sativum, L.) utilizando espectroscopia e quimiometria. 2015. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2015.
Resumo: O alho (Allium sativum, L.) é um vegetal rico em espécies antioxidantes que, por sua vez, são compostos que apresentam a capacidade de inibir ou retardar a ação de espécies radicalares através da doação de elétrons, inibindo assim reações que podem levar ao envelhecimento precoce e doenças como arterosclerose e câncer. A determinação da atividade antioxidante de compostos pode ser feita através de diversas metodologias sendo o método de sequestro do radical DPPH um dos mais aplicados. Cada autor sugere equações e parâmetros diferentes para a interpretação dos dados obtidos através desta metodologia e, por não ser padronizada, pode gerar respostas dúbias quanto a funcionalidade desta metodologia. Além disso, o reagente apresenta um custo significativo e necessita da utilização de um espectrofotômetro. No entanto, hoje em dia já é possível a utilização de métodos espectroscópicos aliados à quimiometria para o isolamento matemático de sinais dos compostos de interesse, o que, a priori, forneceria respostas mais reais. Assim, este trabalho propõe o uso da metodologia MCR-ALS em dados provenientes de espectroscopia UV-Vis e NIR para o monitoramento da atividade antioxidante de alho através da inibição do radical DPPH.
Abstract: Garlic (Allium sativum L.) is a vegetable which is rich in antioxidants, defined as compounds which have the ability to inhibit or retard the action of radical species by donating electrons, thereby inhibiting reactions which can lead species to premature aging and diseases such as atherosclerosis and cancer. Determination of antioxidant activity of compounds can be made using different methodologies, being the most used one known as the DPPH radical inhibition method. Each author suggests different equations and different parameters for the interpretation of the data obtained through this methodology, implying in a lack of standardization, driving the results to be dubious besides missing confidence about this method functionality. Additionally, the reagent provides a significant cost and requires the use of a spectrophotometer. However, nowadays, by using a spectrophotometer it is possible to use combine spectroscopy with chemometric methods for isolating the mathematical signs of the compounds of interest, which, in principle, provide more realistic responses. This work proposes the use of MCR-ALS methodology on data from UV-Vis and NIR spectroscopy to monitor the antioxidant activity of garlic through inhibition of DPPH radical.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5022
Aparece nas coleções:CM - Engenharia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CM_COEAL_2015_2_16.pdf791,46 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.