Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5042
Título: Avaliação da formação de biofilmes de Escherichia coli e Staphylococcus aureus em superfície de aço inoxidável
Autor(es): Dutra, Tatiane Viana
Orientador(es): Anjos, Márcia Maria dos
Palavras-chave: Stafilococos áureos
Escherichia coli
Aço inoxidável
Staphylococcus aureus
Steel, Stainless
Data do documento: 17-Jun-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: DUTRA, Tatiane Viana. Avaliação da formação de biofilmes de Escherichia coli e Staphylococcus aureus em superfície de aço inoxidável. 2016. 40 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2016.
Resumo: Um grande problema em indústrias alimentícias é a contaminação de superfícies com biofilmes, os quais podem ocasionar graves problemas de contaminação dos produtos quando não controlados, podendo ocorrer quando a indústria não apresenta as devidas condições higiênicas e sanificantes. A adesão e formação de biofilmes maléficos a saúde humana vem sendo alvo de inúmeros estudos, tanto a respeito de sua composição, da superfície de formação, da influência de fatores intrínsecos e extrínsecos como temperatura, tempo de contato, entre outros. O presente estudo teve como objetivo verificar o crescimento de biofilme monoespécie e multiespécie composto por Escherichia coli e o Staphylococcus aureus, em superfície de aço inoxidável AISI 304, representado por pequenos cupons deste material, na presença de resíduos alimentares como o leite e o extrato de carne, em temperaturas controladas de 25 °C e 35 °C, durante os períodos de 24 e 48 horas. O método utilizado foi a quantificação das colônias em placas, foram ativadas as bactérias e inoculadas nos substratos a serem testados, nas temperaturas e tempos de contato analisados; após foram plaqueadas as consequentes diluições e analisado o crescimento do biofilme nas variadas condições. O plaqueamento foi realizado em três meios de cultura distintos, um especifico para cada bactéria e um meio para o crescimento de ambas, sendo este último o Miller Hinton; o meio de crescimento específico da Escherichia coli foi o Eosin Metin Blue e do Staphylococcus aureus foi o Baird Parker. Com tais condições propícias foi constatada a adesão e formação do biofilme de ambas bactérias, porém com predominância da espécie Gram-negativa. Ambos resíduos alimentares proporcionaram aderência e formação do biofilme, no entanto o resíduo de extrato de carne favoreceu o desenvolvimento do biofilme multiespécie na temperatura de 35 °C, situação que não foi constatada no resíduo de leite em um período de até 48 horas de contato. O substrato e a temperatura para o desenvolvimento do biofilme influenciaram diretamente a sua composição.
Abstract: An important problem in the food industry is contamination of surfaces with biofilms, which can cause serious problems of contamination of the products when uncontrolled, can occur when the industry does not have the necessary hygienic and sanitizers conditions. The adhesion and biofilm formation harmful to human health has been the target of numerous studies, both as to its composition, the formation surface, the influence of intrinsic and extrinsic factors such as temperature, contact time, among others. This study had to determined the growth of monoespécie biofilm and multispecies consisting of Escherichia coli and Staphylococcus aureus on stainless steel surface AISI 304, represented by small coupons of this material in the presence of food waste such as milk and extract meat under controlled temperatures of 25 °C and 35 °C for periods of 24 and 48 hours. The method used was the quantification of the colonies on plates, activated were as bacteria and inoculated in substrates to be tested in the temperatures and contact times analyzed ; after plated were as subsequent dilutions and analyzed Growth to the biofilm varied conditions . The plating was Held in Three Distinct culture media, a specific paragraph Each bacterium and hum Part For Both Growth , the latter being the Miller Hinton ; The Specific Growth Medium of Escherichia coli was the Metin eosin blue and make Staphylococcus aureus was the Baird Parker. With such favorable conditions it was found the adhesion and biofilm formation of both bacteria, but with a predominance of Gram-negative species. Both food residues provided an adhesion and biofilm formation, however meat extract residue favored the development of multispecies biofilm at temperature of 35 °C, a situation that was not found in the milk residue in a period of 48 hours contact. The substrate and the temperature for the development of biofilm direct influence on their composition.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5042
Aparece nas coleções:CM - Engenharia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CM_COEAL_2016_1_14.pdf534,92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.