Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5053
Título: Estudo dos óleos essenciais de Zinginber officinalis, Murraya koenigii e Coriandrum sativum visando à busca de inibidores de HIV-1 protease
Autor(es): Bassetti, Bruna Daniely
Orientador(es): Romero, Adriano Lopes
Palavras-chave: HIV (vírus)
AIDS (Doença)
Inibidores enzimáticos
Essências e óleos essenciais
Ressonância magnética nuclear
HIV (Viruses)
Acquired immune deficiency syndrome
Enzyme inhibitors
Essences and essential oils
Nuclear magnetic resonance
Data do documento: 9-Dez-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: BASSETTI, Bruna Daniely. Estudo dos óleos essenciais de Zinginber officinalis, Murraya koenigii e Coriandrum sativum visando à busca de inibidores de HIV-1 protease. 2015. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2015.
Resumo: Atualmente, a infecção pelo vírus HIV representa um grande problema para a população e cada vez mais rápido, se torna um dos vírus mais mortais do mundo. Desse modo, é crescente os estudos de agentes que possam interferir no estágio de replicação do vírus da AIDS. Esses estudos representam um desafio constante para toda comunidade científica, já que o HIV pode desenvolver, com muita facilidade, resistência contra medicamentos habitualmente utilizados. Tendo em vista que a HIV-1 protease desempenha papel fundamental no ciclo de vida do HIV. O presente trabalho teve como objetivo estudar os óleos essenciais de Coriandrum sativum, Zingiber officinalis e Murraya koenigii no intuito de verificar se eles são possíveis inibidores de HIV-1 protease. Nos testes in vitro, verificou-se, na maior concentração recomendada (1000 ppm), que os óleos essenciais estudados não apresentam promissora atividade inibidora de aspartilproteases. Os estudos por Ressonância Magnética Nuclear permitiram verificar que a composição dos óleos estudados é diferente daquela informada nos rótulos dos produtos comerciais. Desse modo, o presente trabalho contribuiu para o estudo de produtos naturais no sentido de outros pesquisadores não mais focar nestes óleos para a inibição da enzima HIV-1 protease, mas procurar novos óleos que tenham potencialidade ou até mesmo de testar os mesmos óleos com intuito de inibir outras enzimas do ciclo de replicação do vírus, como a transcriptase reversa e HIV- integrase.
Abstract: Currently, HIV infection is a major problem for the population and ever faster, becomes one of the deadliest viruses in the world. Thus, studies are increasing agents that may interfere with the AIDS virus replication stage. These studies represent an ongoing challenge for the entire scientific community, since HIV can develop very easily, drugs commonly used resistance. Given that the HIV-1 protease plays a key role in the HIV life cycle. This work aimed to study the essential oils from Coriandrum sativum, Zingiber officinalis and Murraya koenigii in order to see if they are possible HIV-1 protease inhibitors. It was found, in most recommended concentration (1000 ppm), that essential oils do not present promising aspartylproteases inhibitory activity. Studies by Nuclear Magnetic Resonance helped confirm that the composition of the oils studied is different from that recorded on the labels of commercial products. Thus, this work contributed to the study of natural products towards other researchers not focus these oils for inhibition of HIV-1 protease, but seek new oils which have potential or even to test the same oils aiming of inhibiting other enzymes in the viral replication cycle, such as reverse transcriptase and HIV integrase.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5053
Aparece nas coleções:CM - Licenciatura em Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CM_COLIQ_2015_2_01.pdf874,33 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.