Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5083
Título: Padrão cinemático da fase de impulsão utilizado pelos atletas de salto em distância de elite
Autor(es): Oliveira, Amom Vidal do Nascimento
Orientador(es): Siqueira, João Egdoberto
Palavras-chave: Saltos (Esportes)
Atletismo
Biomecânica
Cinemática
Jumping
Athletics
Biomechanics
Kinematics
Data do documento: 16-Abr-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: OLIVEIRA, Amom Vidal do Nascimento. Padrão cinemático da fase de impulsão utilizado pelos atletas de salto em distância de elite. 2015. 24 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2015.
Resumo: O salto em distância tem sido uma das modalidades do atletismo mais pesquisada nos últimos anos. De uma maneira a direcionar seu estudo de modo mais eficiente, este é segmentado em quatro fases: corrida de aproximação, impulsão, voo e queda. Tendo em vista a necessidade de uma maior compreensão biomecânica para técnicos da modalidade, este trabalho apresenta uma descrição de qual o padrão cinemático no momento da impulsão do salto em distância, de acordo com os dezesseis melhores resultados dos campeonatos mundiais de atletismo de 2009 e 2011. Para o tratamento dos dados foram utilizados cálculos de média, desvio padrão e amplitude. A partir de uma revisão literária sobre as variáveis de ângulo de impulsão, ângulo mínimo de joelho da perna de impulsão, ângulo de tronco, velocidade horizontal, velocidade vertical, velocidade de impulsão e perda de velocidade; foi realizada uma comparação entre o que havia sido prescrito na literatura e o realizado na prática. Foi possível identificar a velocidade horizontal como sendo o fator determinante para se obter maior distância de deslocamento horizontal de salto. As variáveis coletadas demonstram que apesar disso, outros fatores dentre as demais fases do salto em distância também podem ser o diferencial para uma melhor marca. Alguns resultados apresentaram variáveis fora do considerado ideal, porém no geral o padrão dos dados descritos da impulsão se enquadra nos conceitos já estabelecidos pela literatura.
Abstract: The long jump has been one of the most researched athletic events in recent years. To study this event in an efficient way, it has been segmented into four phases: approach run, takeoff, flight and fall. Given the need for greater understanding of the sport's technical biomechanics, this work presents a description of what the standard kinematics upon thrust of the long jump, according to the sixteen best results of the 2009 and 2011 Athletics World Championships. For the treatment of data were used calculations of means, standard deviation and amplitude. From a literature review on the thrust angle variables, minimum knee angle of the takeoff leg, trunk angle, horizontal speed, vertical speed, thrust and speed loss rate, a comparison was made between what was prescribed in the literature and realized in practice. It was possible to identify the horizontal speed as the determining factor for greater distance of horizontal displacement jump. The variables collected show that despite this, other factors from the remaining phases of the long jump can also make the difference for a better result. Some results varied outside the considered ideal, but overall the pattern of the data agreed with the research on the concepts already established in the literature.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5083
Aparece nas coleções:CT - Educação Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COEFI_2015_1_08.pdf638,87 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.