Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5104
Título: Sinergias e entropias existentes entre os sistemas lean e green
Autor(es): Vilas Boas, Bruno Cardoso
Orientador(es): Ferreira, Marco Antônio
Palavras-chave: Gestão ambiental
Produção enxuta
Environmental management
Lean manufacturing
Data do documento: 14-Nov-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: VILAS BOAS, Bruno Cardoso. Sinergias e entropias existentes entre os sistemas lean e green. 2014. 31 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2014.
Resumo: Após a Revolução Industrial, surgiu a dependência do processo produtivo em relação às maquinas. Deu-se início ao objetivo de produzir mais em menor tempo, o que acarretou o aumento excessivo de resíduos sólidos descartados no meio ambiente. Após a Segunda Guerra Mundial, surgiu, no Japão, a filosofia lean, cujos objetivos são baixar estoques, reduzir falhas e eliminar desperdícios. Com o surgimento da consciência ambiental depois da década de 1950, inicia-se a preocupação com a gestão ambiental (green). A partir da década de 1990, cresce o interesse em se analisar a relação entre os sistemas lean e green. Em linhas gerais, esse trabalho busca investigar, em uma empresa do ramo automobilístico, se o lean pode ser considerado green. Para tal, após levantamento bibliográfico acerca do tema proposto, foi feito um estudo de caso em uma empresa do ramo automobilístico. A pesquisa foi realizada em uma empresa do ramo automobilístico, localizada no município de Santo Antônio da Platina – Paraná. Foram desenvolvidas entrevistas e pesquisas que deram base para o preenchimento do questionário elaborado, para que, assim, fosse possível analisar a real situação da empresa em relação às práticas lean e green. Foi verificado que a gestão de fornecedores – ferramenta do lean – reage de forma sinérgica com a escolha de fornecedores – ferramenta do green. Foi possível observar também que a redução de falhas, erros e desperdícios proposta pelo lean possui sinergia com a redução de poluição e 3R propostos pelo green. Em contrapartida, o lean apresenta uma certa isenção de preocupação com impactos ambientais no fim da vida do produto, o que reage de forma entrópica com a ACV e 3R propostos pelo green.
Abstract: The production process became dependent of the machines after the Industrial Revolution. The goal was to produce more in a shorter time, leading to an excessive increase in solid waste being discarded in the environment. After World War II, Japan came up with the lean manufacturing philosophy, which the goals are lower inventories, reduce failures and eliminate waste. With the rise of environmental consciousness after 1950, it began the concern about green management. From the 1990s, the interest in analyzing the relationship between the lean and green systems grew. In general, this work seeks to investigate, in a company of the automobile industry, whether lean can be considered green. To this end, following the literature concerning about the proposed topic, a research was done in a company of the automotive industry. The research was conducted in a company of the automotive industry located in Santo Antonio da Platina, Paraná, Brazil. Interviews and research that provided the basis for completing a questionnaire were developed, so that it was possible to analyze the actual situation of the company in relation to lean and green practices. It was verified that the management of suppliers - a lean tool - reacts synergistically with the choice of suppliers - a green tool. It was also possible to observe that the reduction of failures, errors and waste proposed by lean has synergy with the reduction of pollution and 3R proposed by green. On the other hand, lean shows a lack of concern about environmental impacts at the end of the product life, which reacts entropically with life-cycle analysis and 3R proposed by green.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5104
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2014_2_04.pdf433,42 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.