Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5131
Título: Levantamento de espécies trepadeiras na Estação Ecológica Municipal Reinaldo Petrechen em Nova Tebas – PR
Autor(es): Bocardo, Bruno Henrique Bodini
Orientador(es): Caxambú, Marcelo Galeazzi
Palavras-chave: Trepadeira
Levantamentos florestais
Áreas de conservação de recursos naturais
Climbing plants
Forest surveys
Natural resources conservation areas
Data do documento: 23-Jun-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: BOCARDO, Bruno Henrique Bodini. Levantamento de espécies trepadeiras na Estação Ecologica Municipal Reinaldo Petrechen em Nova Tebas – PR. 2016. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2016.
Resumo: O conhecimento florístico e fitossociológico e o estudo das interações das plantas com os animais são fundamentais para a compreensão da estrutura e da dinâmica das comunidades e seu processo de regeneração. Visando caracterizar a composição florística de trepadeiras, foi realizado o levantamento dessas espécies na Estação Ecológica Municipal Reinaldo Petrechen, que possui aproximadamente 261 ha, e está localizada no município de Nova Tebas, Paraná. As coletas foram mensais durante um período de 10 meses, entre agosto de 2015 a junho de 2016. As trepadeiras encontradas foram classificadas quanto às suas formas de escalar e suas respectivas síndromes de dispersão. Foram encontradas 46 espécies, distribuídas em 23 famílias, destacando-se uma Fabaceae que enfrenta um risco muito elevado de extinção no estado, demonstrando assim uma significativa importância da Estação Ecológica para a biodiversidade no estado do Paraná. Em termos de riqueza, as famílias com maior representatividade foram Bignoniaceae e Fabaceae, Sapindaceae, seguidas de Convolvulaceae, Cucurbitaceae e Malpighiaceae. Juntas, estas seis famílias correspondem aproximadamente 59% das espécies de trepadeiras encontradas na Estação Ecológica. Verificou-se que não há predomínio acentuado das espécies, resultando em escandentes e preênseis, seguido de volúveis. Quanto a síndrome de dispersão, houve o predomínio da anemocoria no qual as espécies dispersam seus diásporos através da ação do vento, seguidos por autocoria, zoocoria e uma espécie não foi classificada. Apesar do curto espaço de tempo amostral totalizando menos de um ano biológico, assim é possível pressupor que o fragmento em questão possui uma maior diversidade do que já constatado na Unidade de Conservação.
Abstract: The floristic and phytosociological knowledge and study of plant interactions with animals are key to understanding the structure and dynamics of communities and their regeneration process. In order to characterize the floristic composition of creepers, it performed a study of these species in the Municipal Ecological Station Reinaldo Petrechen, which has approximately 261 ha and is located in the municipality of Nova Tebas, Paraná. Samples were collected monthly over a period of 10 months from August 2015 to June 2016. The vines were classified as to their ways to scale and their dispersal syndromes. They found 46 species belonging to 23 families, especially Fabaceae one facing a very high risk of extinction in the state, demonstrating a significant importance of the Ecological Station for biodiversity in the state of Paraná. In terms of wealth, families most representative were Fabaceae and Bignoniaceae, Sapindaceae, followed by Convolvulaceae, Cucurbitaceae and Malpighiaceae. Together, these six families account for approximately 59% of the species of vines found in the Ecological Station. It was found that no pronounced predominance of the species, resulting in scandent and prehensile, followed by switchers. As the dispersion syndrome, there was a predominance of anemochory in which the species disperse their diasporas through wind action, followed by autochory, zoochory and a species was not classified. Despite the short sample period of time amounting to less than a biological year, so it can be assumed that the fragment in question has a greater diversity than ever found in the Conservation Unit.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5131
Aparece nas coleções:CM - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CM_COEAM_2016_1_04.pdf
  Disponível a partir de 2021-08-01
1,29 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.