Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5158
Título: Resíduos de lodo de esgoto: avaliação de risco potencial ambiental e para a saúde
Autor(es): Imbriani, Jaqueline Ribeiro
Orientador(es): Maia, Luciana Furlaneto
Palavras-chave: Esgotos
Lodo residual
Bactérias
Sewerage
Sewage sludge
Bacteria
Data do documento: 30-Jun-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: IMBRIANI, Jaqueline Riberio. Resíduos de lodo de esgoto: avaliação de risco potencial ambiental e para a saúde. 2015. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2015.
Resumo: Atualmente, o esgoto lançado sem tratamento é o principal agente poluidor de água, promovendo assim a degradação do corpo hídrico, bem como a propagação de doenças parasitárias e infeciosas. Portanto, é necessário a passagem desse esgoto coletado em estações de tratamento, as quais irão separar e tratar a parte líquida da parte sólida do efluente, tornando possível seu lançamento em um corpo receptor. Uma consequência desse tratamento é a geração de lodo,. Este trabalho aborda a questão da caracterização físico-química e microbiológica do lodo de esgoto gerado na ETE Norte, na cidade de Londrina – PR. São apresentados conceitos de tratamento deste resíduo, bem como o tratamento a patógenos presentes no sistema de esgotamento sanitário doméstico urbano e a sua resistência a antimicrobianos, o que caracteriza o perfil sanitário da população atendida. Foram isolados dois microrganismos que se enquadram na categoria de coliformes totais, sendo eles Enterococcus spp. e Escherichia coli, os quais foram submetidos a testes para confirmação de gênero (isolamento nos meios presuntivos-seletivos KEA, mFC e mENDO; teste morfotintorial; teste de catalase e citrato de Simmons), além de avaliar-se a resistência à antibióticos dos mesmos em cinco colônias escolhidas aleatoriamente (sendo testados eritromicina 15 µg, teicoplanina 30 µg, norfloxacin 10 µg, estreptomicina 10 µg, cloranfenicol 30 µg, ampicilina 10 µg, gentamicina 10 µg, vancomicina 30 µg, ciprofloxacina 5 µg e penicilina 10 µg para as amostras de Enterococcus spp. e para as amostras de E. coli os antimicrobianos testados foram: amicacina 30 µg, amoxicila + ácido clavulânico 30 µg, norfloxacina 10 µg, imipenem 10 µg, cloranfenicol 30 µg, ampicilina 10 µg, gentamicina 10 µg, cefalotina 30 µg e ciprofloxacina 5 µg). Dos 45 isolados, 26,67% foram confirmados para Enterococcus spp. e dos 52 isoaldos foram confirmados 57,69% para E.coli. Foi observado que houve multirresistência, ou seja, resistência a mais de um antibiótico, para ambos os microrganismos. Verificou-se também os fatores de pH, umidade, condutividade elétrica, sólidos totais e sólidos voláteis totais do lodo estando estes em sua maioria de acordo com os parâmetros encontrados por outros autores, ressalta-se que em alguns pontos de coleta onde os resultados não foram de acordo com o esperado justifica-se pelo tempo de permanência do lodo no leito de secagem na época da coleta, bem como da incidência de radiação solar direta no leito.
Abstract: Currently, the sewage is released untreated main water polluting agent, thereby facilitating degradation of the water body, as well as the spread of infectious and parasitic diseases. It is therefore necessary to pass this sewage collected in water treatment plants, which will separate and treat the liquid portion of the solid part of the effluent, making it possible to launch into a receiving body. A consequence of this treatment is the sludge generation ,. This paper addresses the issue of physical-chemical and microbiological characteristics of sewage sludge generated in North WWTP in the city of Londrina - PR. Of this waste treatment concepts are presented, as well as treating the pathogens present in the urban domestic sewage system and its resistance to antibiotics, which characterizes the health profile of the population served. They were isolated two microorganisms that fall into the category of total coliforms, namely Enterococcus spp. and Escherichia coli, which were tested for gender confirmation (insulation in the presumptive-selective media KEA, MFC and Mendo; morphotypes test, catalase test and Simmons citrate), and to evaluate the resistance to antibiotics of the same in five randomly chosen colonies (being tested erythromycin 15 mcg, 30 mcg teicoplanin, norfloxacin 10 ug, 10 ug streptomycin, chloramphenicol 30 ug, 10 ug ampicillin, gentamicin 10 mcg, 30 mcg vancomycin, ciprofloxacin, penicillin and 5 ug to 10 ug samples . Enterococcus spp and for samples of E. coli tested antimicrobials were amikacin 30 ug, amoxicila + clavulanic acid 30 mcg, norfloxacin 10 g, 10 g imipenem, 30 mcg chloramphenicol, ampicillin 10 g, 10 g gentamicin, cephalothin 30 ug and 5 ug ciprofloxacin). Of the 45 isolates, 26.67% were confirmed for Enterococcus spp. isoaldos 52 and 57.69% were confirmed for E. coli. It observed multidrug resistance, ie, resistance to more than one antibiotic, for both organisms. There was also the pH factors, moisture, electrical conductivity, total volatile solids and total solids from sludge and these are mostly in accordance with the parameters found by other authors, it is noteworthy that in some collection points where the results do not They were as expected justified by the sludge residence time in the drying bed at the time of collection, as well as the incidence of direct solar radiation in the bed.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5158
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2015_1_10.pdf1,21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.