Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5180
Título: Adsorção de fosfato proveniente de água residuária de suinocultura por Goethita sintética
Autor(es): Baldin, Marcella Garcia
Orientador(es): Anami, Marcelo Hidemassa
Palavras-chave: Suínos
Águas residuais
Fosfatos
Swine
Sewage
Phosphates
Data do documento: 11-Ago-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: BALDIN, Marcella Garcia. Adsorção de fosfato proveniente de água residuária de suinocultura por Goethita sintética. 2014. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2014.
Resumo: O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de demonstrar a quantidade de fosfato provenientes das águas residuárias de suinocultura (ARS) adsorvido pelos óxidos de ferro sintéticos, partindo da hipótese que essas ARS são utilizadas como fertilizantes agrícolas. Essas águas possuem grandes concentrações de nutrientes que, quando aplicado em excesso, são carreados para os corpos hídricos, gerando diversos impactos. Um desses impactos é a eutrofização de ambientes aquáticos, onde há o crescimento excessivo de algas devido ao excesso de nutrientes como nitrogênio e fósforo. Nesse estudo, foram utilizadas goethitas sintéticas para avaliar a remoção de fósforo solúvel das ARS. A goethita é um tipo de óxido de ferro e devido ao seu alto ponto de carga zero (PCZ) possui capacidade de troca de ânions (CTA), como o fosfato proveniente das ARS. Assim, primeiramente, modelou-se um sistema simples para prever o comportamento do fósforo com a goethita sintética e, posteriormente, a interação entre a goethita e a ARS. Na primeira análise, os valores de adsorção obtidos foram de até 5,17 mg de P por grama de goethita. Já na segunda analise os valores de adsorção demonstraram-se bem abaixo do que na primeira, sendo cerca de 10% da capacidade máxima de adsorção de fosforo (CMAP), que é 8,57 mg.g-1. A referida CMAP foi estimada pelo modelo de Langmuir. Com isso, constatou-se que a hipótese de conseguir a extração de fósforo de ambientes contaminados através de adsorção por goethitas foi parcialmente comprovada, uma vez que somente no experimento com fósforo em sistema simples verificou-se a ocorrência de adsorção em níveis elevados.
Abstract: The present work was developed in order to demonstrate the amount of phosphate from swine wastewater (ARS) adsorbed by synthetic iron oxides, based on the thesis that these ARS are used as agricultural fertilizer. These wastewaters have large concentrations of nutrients which, when applied in excess, are carried to water bodies, and it generates many impacts. One of those impacts is eutrophication of aquatic environments, where there is excessive growth of algae due to excess nutrients such as nitrogen and phosphorus. In this study, synthetic goethites were used to evaluate the removal of soluble phosphorus from ARS. The goethite is a type of iron oxide and due to its high point of zero charge (PZC) have anion exchange capacity (CTA), as the phosphate from the ARS. Therefore, first, modeled is a simple system to predict the behavior of match with synthetic goethite and Later the interaction between the goethite and the ARS. In the first analysis, the values of adsorption were obtained up to 5.17 mg P per gram of goethite. In the second analysis adsorption values were demonstrated well below the first one, being about 10% of the maximum adsorption capacity of phosphorus (CMAP) is 8.57 mg g-1.That CMAP was estimated by the Langmuir model. Thus, it was verified that the hypothesis achieve phosphorus extraction of contaminated environments by adsorption goethites was partially confirmed, once only in the experiment with phosphorus simple system it was found to occurrence of adsorption at high levels.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5180
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2014_1_16.pdf1,46 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.