Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5203
Título: Aplicação de coagulantes naturais e químicos para tratamento do efluente de indústria de curtimento de couro
Autor(es): Silva, Gustavo de Souza
Orientador(es): Pereira, Edilaine Regina
Palavras-chave: Água - Purificação - Coagulação
Coagulantes
Curtumes
Water - Purification - Coagulation
Coagulants
Tanneries
Data do documento: 2-Dez-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: SILVA, Gustavo de Souza. Aplicação de coagulantes naturais e químicos para tratamento do efluente de indústria de curtimento de couro. 2014. 71 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2014.
Resumo: As indústrias de curtimento de couro utilizam no seu processo grande quantidade de substâncias tóxicas e água, gerando consequentemente efluentes que possuem uma alta carga poluidora, com elevada demanda química de oxigênio, cor, presença de sais dissolvidos e de muitos metais. Devido à grande quantidade de efluente gerado pelos curtumes e a dificuldade no seu tratamento, vários trabalhos tem sido propostos para minimizar os impactos ambientais causados pelo descarte inadequado deste efluente. O presente trabalho investigou a atuação dos coagulantes naturais Moringa oleífera e Tanfloc em comparação com os coagulantes químicos Sulfato de Alumínio e Cloreto Férrico geralmente utilizados na indústria no tratamento do efluente bruto do curtume, através dos processos físico-químicos de coagulação, floculação e sedimentação. Através de ensaios jar test foram aplicados diferentes concentrações de coagulantes (naturais e químicos) ao efluente em questão e foi avaliado a eficiência dos coagulantes na remoção de determinados parâmetros, como o pH, cor, condutividade elétrica, DQO,sólidos totais, fixos e voláteis. Os resultados mostraram que para os parâmetros pH e condutividade elétrica, não houve uma variação significativa após a aplicação dos coagulantes em relação ao efluente bruto, visto que os valores de pH continuaram muito alcalinos e a condutividade elétrica com uma alta concentração de sais. Ao comparar os coagulantes para o parâmetro cor foi observado que o coagulante natural Tanfloc teve uma maior eficiência em relação aos químicos, alcançando 56,9% de remoção, entretanto, o Sulfato de Alumínio foi mais eficiente na remoção de DQO com 95% de remoção e também na remoção de sólidos fixos e voláteis com uma eficiência maior que 70%. Desta forma, nota-se que o coagulante químico Sulfato de Alumínio obteve um êxito na maior parte dos parâmetros analisados em comparação aos demais coagulantes.
Abstract: The leather tanning industry utilises large amount of toxic substances and water, thus generating effluents that have high pollution load, with high chemical oxygen demand, colour, presence of dissolved salts and many metals. Due to the large amount of effluent generated by tanneries and the difficulty in their treatment, several studies have been proposed to minimize the environmental impacts caused by inappropriate disposal of this effluent. This study investigated the performance of natural coagulants Moringa oleifera and Tanfloc compared to chemical coagulants aluminium sulphate and ferric chloride commonly used in the treatment of raw wastewater from tannery, by means of the physicochemical processes of coagulation, flocculation and sedimentation. Utilising jar tests, different concentrations for the coagulants (chemical and natural) were applied to the concerned effluent and it was assessed their efficiency in removing certain parameters such as pH, colour, electrical conductivity, COD, and total, fixed and volatile solids. The results showed that for pH and electrical conductivity parameters, there was no significant variation after application of coagulant in relation to the raw effluent, since pH values remained very alkaline and electrical conductivity with high salts concentration. By comparing the coagulants for colour parameter it was observed that the natural coagulant Tanfloc had greater efficiency compared to the chemical ones, reaching 56.9% of removal, however, the aluminium sulphate was more efficient at removing COD, with 95% of removal, and also at removing fixed and volatile solids, with efficiency higher than 70%. Therefore, it is noticed that the chemical coagulant aluminium sulphate was more successful for the majority of the analysed parameters in comparison to other coagulants.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5203
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2014_2_06.pdf1,32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.