Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/525
Título: Microalgas perifíticas como bioindicadores ambientais na foz do Rio Ocoy: tributário do lago de Itaipu - PR
Autor(es): Limberger, Salete
Orientador(es): Periotto, Fernando
Palavras-chave: Indicadores biológicos
Monitorização biológica
Pesticidas - Aspectos ambientais
Indicators (Biology)
Biological monitoring
Pesticides - Environmental aspects
Data do documento: 25-Nov-2011
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Medianeira
Referência: LIMBERGER, Salete. Microalgas perifíticas como bioindicadores na foz do Rio Ocoy: tributário do Lago de Itaipu – PR. 2011. 36 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2011.
Resumo: A presença de interferência externa na foz do rio Ocoy, apresenta-se como um fator preocupante, pois a fauna e a flora aquática são diretamente afetadas por efluentes agrícolas e domésticos nele lançados. Tais efluentes ou lixiviados, em quantidades excessivas, podem ocasionar desequilíbrios ambientais, como por exemplo, o desaparecimento ou o domínio de determinadas espécies e a eutrofização. Assim, o biomonitoramento da foz do rio Ocoy, visa levantar resultados em relação às mudanças ambientais causadas por interferências antropogênicas. Desse modo, o presente trabalho objetiva avaliar a estrutura da comunidade de algas perifíticas aderidas e associadas às macrófitas aquáticas que se fazem presentes na foz do rio Ocoy e relacioná-las com algumas variáveis abióticas do mesmo ambiente, fornecendo subsídios para futuras pesquisas neste e em outros ecossistemas aquáticos. Como metodologia para a obtenção do material biológico, as microalgas perifíticas foram coletadas com embarcação e manualmente através das raízes de macrófitas aquáticas presentes no local. A identificação das famílias, gêneros e espécies encontradas foi efetuada em laboratório com o auxílio de um microscópio óptico Olympus BX 41, acoplado à câmera digital e software de captura e tratamento de imagens, onde a comunidade fitoplanctônica e perifítica, resultou de coletas realizadas neste estudo, de modo que, nos trabalhos de identificação, a mesma mostrou ser composta por 60 táxons pertencentes a 11 classes taxonômicas, sendo elas Chlorophyceae, Zygnemaphyceae, Bacillariophyceae, Cyanophyceae, Xanthophyceae, Raphidophyceae, Chlamydophyceae, Eustigmatocpyceae, Rhodophyceae, Chrysophyceae e Prasinophyceae.
Abstract: The presence of external interference in the mouth of the river Ocoy, presents a concern, as aquatic flora and fauna are directly affected by agricultural and domestic effluents released him. Such effluent or leachate, in excessive amounts, can cause environmental imbalances, such as the disappearance or the dominance of certain species and eutrophication. Thus, biomonitoring Ocoy mouth of the river, is intended to raise results in relation to environmental changes caused by anthropogenic interference, which might help in future research in the region. Thus, this study aims to evaluate the community structure of periphyton attached algae and associated with aquatic macrophytes that are present in the mouth of the river Ocoy and relate them to some abiotic variables in this environment, offer suggestions for future research in this and other aquatic ecosystems. The methodology for obtaining the biological material, the periphytic microalgae will be collected manually with boat and through the roots of aquatic macrophytes present in this environment. The identification of families, genera and species found in the laboratory was carried out with the aid of an Olympus BX 41 optical microscope coupled to a digital camera and capture software and image processing. The phytoplankton and periphyton identified was the result of collections made in this study, so that the work of identification, it proved to be composed of 60 taxa belonging to 11 taxonomic classes, which were Chlorophyceae, Zygnemaphyceae, Bacillariophyceae, Cyanophyceae, Xanthophyceae, Raphidophyceae, Chlamydophyceae, Eustigmatocpyceae, Rhodophyceae, Chrysophyceae and Prasinophyceae.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/525
Aparece nas coleções:MD - Tecnologia em Gestão Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MD_COGEA_2011_2_12.pdf1,5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.