Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5325
Título: Uso da semente de Moringa oleifera no tratamento físico químico de água residuária de piscicultura
Autor(es): Alves, Maik Mauro
Orientador(es): Pereira, Edilaine Regina
Palavras-chave: Águas residuais - Purificação
Coagulantes
Peixes - Criação
Sewage - Purification
Coagulants
Fish-culture
Data do documento: 16-Nov-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: ALVES, Maik Mauro. Uso da semente de Moringa oleifera no tratamento físico químico de água residuária de piscicultura. 2015. 66 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2015.
Resumo: Muitos coagulantes naturais vem sendo estudados para o tratamento alternativo e acessível de água e de efluentes. Dentre eles, podemos citar a Moringa oleifera. Esta tem origem indiana e através da sua proteína catiônica possibilita o processo de coagulação. O objetivo deste trabalho foi verificar a eficiência do coagulante natural extraído de semente de Moringa oleifera no tratamento de água residuária de piscicultura. Com o propósito de verificar a eficiência do coagulante, um pré ensaio foi realizado para se determinar a melhor concentração a ser aplicada. Após o pré-ensaio, verificou-se que as melhores concentrações foram de: C1 400 mg.L-1, C2 800 mg.L-1 e C3 1200 mg.L-1 do coagulante natural extraído da semente de Moringa oleifera. Os ensaios foram realizados no equipamento Jar Test para reproduzir o processo de coagulação/floculação/sedimentaçao. Os parâmetros analisados foram, turbidez, cor aparente, pH, condutividade elétrica, sólitos totais, sólidos fixos e sólidos voláteis. Verificou-se que para os parâmetros turbidez e cor aparente, a concentração C3 (1200 mg.L-1) apresentou as maiores eficiências de remoção, sendo estas de 44 e 45%, respectivamente. Para o pH, todas as concentrações não apresentaram grandes variações se comparado a amostra bruta (6,14), mantendo-se em uma faixa de 6,17 a 6,40. A concentração C3 (1200 mg.L-1) foi a que apresentou os maiores valores de condutividade elétrica, seguidas de C2 (800 mg.L-1) e C1 (400 mg.L-1). A concetração C1 (400 mg.L-1) apresentou as melhores eficiências de remoção para a série de sólidos, sendo eles de 73% para sólidos totais, 31% para sólidos fixos e 85% para sólidos voláteis. As análises estatísticas mostraram que para os parâmetros pH e série de sólidos não houve diferenças significativas entre as diferentes concentrações, porém para turbidez, cor aparente e condutividade elétrica houve diferença significativa entre as três concentrações, com excessão para a turbidez no tempo 4 (33 minutos) e cor aparente nos tempos 3 (23 minutos) e 4 (33 minutos). Os resultados comprovaram a eficiência do coagulante natural extraído de semente de Moringa oleifera para o tratamento de água residuária de piscicultura.
Abstract: Many natural coagulants have been studied for alternative and affordable water treatment, effluent and wastewater. Among them, we can mention Moringa oleifera. Moringa oleifera has Indian origin and through its cationic protein enables the coagulation process. The objective of this study is to test the efficiency of the natural coagulant extracted from Moringa oleifera seed in the treatment of wastewater from fish farming. In order to verify the efficiency of coagulant, a pre-test was performed to determine the optimal concentration to be applied. After the pre-test, it was found that the best concentrations of the natural coagulant extracted from Moringa oleifera seed were 400 mg/L-1 for C1, 800 mg/L -1 for C2, and 1,200 mg/L-1 for C3. The tests were performed in Jar Test equipment to reproduce the process of coagulation/flocculation/sedimentation. The parameters analyzed were turbidity, apparent color, pH, electrical conductivity, total solids, fixed solids and volatile solids. The results have showed for turbidity and apparent color higher removal efficiencies for C3 concentration (1200 mg/L-1), respectively being 44 and 45%, after sedimentation tests. For pH, all concentrations had no major changes compared to the crude sample, remaining in a range of 6.17 to 6.40. C3 concentration (1200 mg/l-1) was the one with the highest values of electrical conductivity, followed by C2 (800 mg/l-1) and C1 (400 mg/l-1). C1 concentration (400 mg l-1) showed the best efficiency for the solid series, being 73% for total solids, 31% for fixed solids and 85% for volatile solids. The statistical analyzes showed for the pH parameters and solids series that there is no significant differences between different concentrations, however for turbidity, apparent color and electrical conductivity was no significant difference between the three concentrations with exception for the turbidity at time 4 (33 minutes) and apparent color the times 3 (23 minutes) and 4 (33 minutes). The results have proved the efficiency of the natural coagulant extracted from Moringa oleifera seed for the treatment of wastewater from fish farming.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5325
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2015_2_09.pdf1,24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.