Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5364
Título: Uso de macrófitas lemnáceas para a remoção de nitrogênio do esgoto sanitário de uma lagoa de estabilização
Autor(es): Ribeiro, João Paulo Moraes
Orientador(es): Carvalho Junior, Orlando de
Palavras-chave: Lagoas de estabilização
Macrófitas aquáticas
Águas residuais - Purificação - Tratamento biológico
Nitrogênio
Sewage Lagoons
Aquatic macrophytes
Sewage - Purification - Biological treatment
Nitrogen
Data do documento: 29-Jun-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: RIBEIRO, João Paulo Moraes. O uso de macrófitas lemnáceas para a remoção de nitrogênio do esgoto sanitário de uma lagoa de estabilização. 2016. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2016.
Resumo: A remoção de nutrientes, principalmente nitrogênio e fósforo, no tratamento de efluentes ainda é um grande desafio. O lançamento do efluente com alta carga nitrogenada pode causar impactos diversos nos corpos receptores como a eutrofização por exemplo. Nitrogênio quando presente nos mananciais de abastecimento pode ocasionar prejuízos a comunidades aquáticas e doenças como a meta-hemoglobinemia, mais conhecida como síndrome do bebê azul. As tecnologias mais comumente empregadas no tratamento de esgoto não são eficientes na remoção de nutrientes. Diante disso, este estudo procurou avaliar uma lagoa experimental de lemnas, em escala de bancada, atuando , na remoção de nitrogênio, de uma lagoa de estabilização empregada no tratamento de esgoto doméstico. A eficiência de remoção média de NTK e nitrogênio amoniacal (NH4+) foram de 22,51% e 25,64% respectivamente, apresentando uma carga removida de 6,47 Kg NH4+/ha.d. A eficiência média de remoção de DQO foi 41,40%. Em 26 dias de operação as lemnáceas empregadas apresentaram boa sanidade com aumento de quase 50% de biomassa úmida. Apesar da baixa eficiência de remoção de nitrogênio, os resultados apontam que, se aprimoradas as condições operacionais, lagoas de lemnáceas poderão ser alternativa viável para compor sistema de polimento da lagoa facultativa considerada.
Abstract: The biggest challenge in wastewater treatment processes is still the nutrient removal issue, mainly nitrogen and phosphorus removal. The discharge of wastewater with high concentration of nitrogen can cause the eutrophication of recipients. Nitrogen when present in supply sources can cause damage to aquatic communities and diseases such as methemoglobinemia, better known as blue baby syndrome. The most used technologies for sewage treatment are not efficient in terms of nutrient removal. Considering this issue, the present study sought to assess an experimental lake in a test bench scale containing duckweeds, which works as a polishing lake for nutrient removal. The average removal efficiency of NTK and NH4+ are 22,51% and 25,64%, respectively, with a removed N. Ammonia of 6,47 kg / ha.d. The COD removal efficiency was 41,40%. The health of duckweeds is remained good during the 26 days of experiment, reporting an increase of almost 50% of the biomass. The case of an experimental pond bench scale, the objectives have been met and the implementation of a duckweed pond is considered viable as a unit after treatment.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5364
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2016_1_10.pdf2,46 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.