Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5558
Título: Adubação nitrogenada em pastagens hibernais: uma opção para o suprimento de nitrogênio na cultura do milho em integração lavoura-pecuária
Autor(es): Gomes, Izabela
Orientador(es): Bortolli, Marcos Antonio de
Palavras-chave: Fertilizantes nitrogenados
Pastejo
Pastagens
Plantas forrageiras
Nitrogen fertilizers
Grazing
Pastures
Forage plants
Data do documento: 27-Mai-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: GOMES, Isabela. Adubação nitrogenada em pastagens hibernais: uma opção para o suprimento de nitrogênio na cultura do milho em integração lavoura-pecuária. 2015. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2015.
Resumo: O milho cultivado em sequência à pastagem de aveia preta no inverno é uma prática usual na região sul do Brasil. Estas quando adubadas com nitrogênio, em sistema de integração lavoura-pecuária, se sobressaem como alternativa para potencializar o uso do solo e dos recursos animais e vegetais. Principalmente no que se refere a milho, esta técnica pode desencadear aumentos de produtividade. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento dos componentes de rendimento do milho cultivado sob diferentes doses de nitrogênio em cobertura, em função da aplicação de adubação nitrogenada na cultura de aveia preta precedente. O experimento foi realizado em propriedade rural particular nos anos de 2013 e 2014, em Abelardo Luz, oeste do estado de Santa Catarina, próximo à região sudoeste do Paraná, com a sucessão de pastagem de aveia preta - milho. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso em esquema fatorial com três repetições. A parcela principal foi constituída com o fator época de aplicação de adubação nitrogenada em cobertura: nitrogênio aplicado na pastagem (NP) e nitrogênio aplicado no milho (NG) e em sub-parcelas as doses de N (0, 100, 200, e 300 kg ha−1) aplicadas no milho em sucessão a pastagem. Verificou-se que o N aplicado na pastagem influenciou no rendimento de grãos de milho, evidenciando o efeito residual desse nutriente. O rendimento médio do milho foi de 5541,67 kg ha−1 e 4727,38 kg ha−1 respectivamente para NP e NG sendo que os parâmetros diferiram entre si (P<0,05). As parcelas que foram adubadas com 200 kg ha−1 no inverno (NP) não responderam à nenhuma das doses de N adicionadas na cultura do milho (NG). O rendimento dos grãos foi influenciado pela massa de mil grãos que obteve média superior quando a aplicação de N foi feita na pastagem em comparação à realizada no milho, 241,11 g e 225,21 g respectivamente. Para os outros componentes que influenciaram o rendimento, o número de fileira respondeu linearmente (P<0,05) ao aumento das doses de nitrogênio na sub-parcela, e também, obteve maiores valores em NP. O número de grãos por fileira e número de grãos por espiga foram superiores no tratamento 200 kg ha−1 NP + 200 kg ha−1 NG com valores médio de 33,5 e 609,8 respectivamente.
Abstract: The maize cultivated in succession to black oat pasture in winter is a usual practice in southern Brazil. These when fertilized with nitrogen, in crop-livestock integration system, they stand out as an alternative to maximize soil use and animal and vegetal resources. Especially in regard to maize this technique can trigger productivity increases. The purpose of this study was to evaluate the behavior of maize yield components, under different levels of nitrogen in coverage, according to the application of nitrogen fertilizer in the previous black oat crop. The experiment was performed in private rural estate in the years 2013 and 2014, in Abelardo Luz, west of the state of Santa Catarina, near the southwest region of Paran´ a, with the succession of black oat pasture - maize. The experimental design was randomized blocks in a factorial scheme with three replications. The main plot was composed with the nitrogen fertilizer application time factor in coverage: nitrogen applied to the pasture (NP) and nitrogen applied in the grains (NG) and sub-plots N doses (0, 100, 200, and 300 kg ha-1) applied in maize in succession to pasture. It was found that N application on oat and ryegrass had influence on grain yield. The increased production showed the residual effect of this element, as well as the effect of the N applied directly in the culture. The average maize yield was 5541.67 kg ha-1 and 4727.38 kg ha-1 respectively for NP and NG and the parameters differed from each other (P<0.05). The plots which were fertilized with 200 kg ha-1 in winter (NP) did not respond to any of the N levels added in maize (NG). The yield of grains was influenced by the weight of a thousand grains that obtained the the highest average when N application was made in pasture compared to the one performed in maize, 241.11 g and 225.21 g respectively. For the other components that affected the yield, the number of rows responded linearly (P<0.05) to increased nitrogen levels in the sub-plot, and also had higher values in NP. The number of grains per row and number of grains per spike were better presented treatment 200 kg ha-1 NP + 200 kg NG with average values of 33.5 and 609.8 respectively.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5558
Aparece nas coleções:PB - Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_COAGR_2015_1_06.pdf
  Disponível a partir de 5000-01-01
3,83 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.