Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5693
Título: Qualidade de sementes de soja submetidas a diferentes tecnologias de tratamento químico
Autor(es): Gonçalves, Patricia Holek Barbosa
Orientador(es): Bahry, Carlos André
Palavras-chave: Soja - Qualidade
Sementes - Fisiologia
Sementes - Qualidade
Tecnologia de sementes
Soybean - Quality
Seeds - Physiology
Seeds - Quality
Seed technology
Data do documento: 26-Nov-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: GONÇALVES, Patricia Holek Barbosa. Qualidade de sementes de soja submetidas a diferentes tecnologias de tratamento químico. 2015. 31 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2015.
Resumo: Uma das principais maneiras de obter uma lavoura com um estande final adequado para garantir o maior potencial produtivo é usado sementes de qualidade. Qualidade essa que é conferida no campo produção, porém é necessário o uso de tecnologias que agregam o uso de sementes de qualidade, como também o tratamento de sementes. Hoje essa tecnologia é dada de duas formas, via tratamento industrial ou na propriedade. Deve-se ainda levar em consideração o tempo e as condições de armazenamento dessas sementes, afim de minimizar a deterioração das mesmas para garantir sua qualidade fisiológica e sanitária. O objetivo do presente estudo foi avaliar a qualidade fisiológica e sanitária de sementes de soja submetidas às marcas de tratamentos químicos Bayer, Syngenta e Ilhara feitos de forma industrial e on farm em 5 épocas de armazenamento (0, 30, 60, 90 e 120 dias). A variedade de soja utilizada foi a Pioneer 95R51. O delineamento experimental utilizado foi bifatorial. Os dados obtidos submetidos à análise de variância e testes de hipóteses para verificar a significância do efeito de tratamentos. Os dados referentes ao tempo de exposição das sementes aos produtos químicos que não apresentaram interação foram submetidos à regressão. Para comparação de médias foi utilizado o teste de Tukey, ao nível de 5% de probabilidade. Os resultados dos testes de germinação, comprimento de parte aérea e de raiz mostraram valores maiores para os tratamentos on farm. Porém todos os tratamentos foram eficientes no controle de infestação dos fungos Aspergillus sp. Cercospora kikuchii, Fusarium e Phomopsis sp. Os únicos testes que não sofreram influência das épocas de armazenamento foram massa seca de parte aérea e de raiz. Todos os outros testes, o tempo de armazenamento influenciou negativamente.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5693
Aparece nas coleções:PB - Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_COAGR_2015_1_17.pdf1,08 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.