Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5701
Título: Caracterização de ferro fundido por meio da técnica de excitação por impulso
Autor(es): Secco, Alexandre Vilmar
Kershaw Filho, José Roberto
Orientador(es): Setti, Dalmarino
Palavras-chave: Ferro fundido
Metais - Propriedades mecânicas
Resistência de materiais
Cast-iron
Metals - Mechanical properties
Strength of materials
Data do documento: 11-Jun-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: SECCO, Alexandre Vilmar; KERSHAW FILHO, José Roberto. Caracterização de ferro fundido por meio da técnica de excitação por impulso. 2014. 70 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2014.
Resumo: Os ferros fundidos apresentam propriedades únicas, as quais são originadas em função do formato da grafita. O conhecimento destas propriedades tem grande importância no projeto de peças e equipamentos. A caracterização das propriedades mecânicas dos ferros fundidos tem sido realizada por meio de experimentos classificados em estáticos e dinâmicos. O presente trabalho avaliou o módulo de elasticidade de diferentes tipos de ferros fundidos por meio da técnica de excitação por impulso. Esta técnica dinâmica permitiu relacionar os diferentes tipos de ferros fundidos, em função do tipo da grafita com as frequências obtidas. O procedimento experimental foi realizado com base na norma ASTM E1876-09. Foram analisados corpos de prova de aço ASTM A36, ferro fundido cinzento SAE J434 G300 e ferro fundido nodular SAE J434 D5506. Os resultados experimentais foram: Para os corpos de prova do aço ASTM A36 o módulo de elasticidade obtido foi de 204,73 GPa ± 2 GPa, para os corpos de prova de ferro fundido nodular SAE J434 D5506 o módulo de elasticidade obtido foi de 168,53 GPa ± 0,4 GPa e para os corpos de prova ferro fundido cinzento SAE J434 G3000 o módulo de elasticidade obtido foi de 91,56 GPa ± 0,35 GPa. O erro da técnica de excitação por impulso não pode ser avaliado em relação ao ensaio mecânico. Os resultados experimentais obtidos apresentam concordância com os valores dos módulos de elasticidade desses materiais encontrados na literatura.
Abstract: The cast irons have unique properties, which are generated according to the size of the graphite. The knowledge of these properties is of great importance in the design of parts and equipment. The characterization of the mechanical properties of cast irons has been performed by means of experiments classified into static and dynamic. The present study evaluated the elasticity modulus of different types of cast irons by technique of impulse excitation. This dynamic technique allowed relating the different types of irons cast, depending on the type of graphite with the frequencies obtained. The experimental procedure was carried out on the basis of the ASTM standard E1876-09. Were analyzed specimens of steel ASTM A36, gray cast iron SAE J434 G3000 and ductile cast iron SAE J434 D5506. The experimental results for the elasticity modulus obtained were: 204.73 ± 2 Gpa for the steel ASTM A36, 168.53 ± 0.4 Gpa for the ductile cast iron SAE J434 D5506 and 91.56 ± 0.35 Gpa for the gray cast iron SAE J434 G3000. The error of impulse excitation technique cannot be assessed in relation to the mechanical test. The experimental results obtained are consistent with the values of the modules of elasticity these materials found in the literature.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5701
Aparece nas coleções:PB - Engenharia Mecânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_DAMEC_2014_1_06.pdf1,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.