Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5811
Título: Avaliação ergonômica e medida de solução na atividade de expedição de mudas no viveiro florestal da Araupel S/A
Autor(es): Pompermayer, Paulo Mateus
Orientador(es): Pereira Filho, José Ilo
Palavras-chave: Ergonomia
Qualidade de vida no trabalho
Lesões por esforços repetitivos
Segurança do trabalho
Human engineering
Quality of work life
Overuse injuries
Industrial safety
Data do documento: 29-Set-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: POMPERMAYER, Paulo Mateus. Avaliação ergonômica e medida de solução na atividade de expedição de mudas no viveiro florestal da Araupel S/A. 2014. 69 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2014.
Resumo: As empresas de base florestal, geralmente produzem as mudas em seus viveiros. Em sua maioria, trata-se de uma atividade de baixo risco. Porém, detectou-se por meio de conversas e observações que a atividade de expedição de mudas para campo é a de maior impacto dentre elas, havendo necessidade de intervenção. Foi realizada uma reunião com todos os envolvidos no processo, aberto um Kaizen e organizada e registrada a evolução do projeto em uma folha A3. Com o auxílio do fluxograma de produção, analisou-se a atividade e realizada a avaliação ergonômica através de três metodologias distintas: RULA, COUTO e OWAS. Após o resultado da avaliação, reuniu-se novamente os envolvidos e foi estudada uma medida para reduzir o esforço e aumentar a produtividade na atividade. Foi desenvolvida uma mesa elevada com regulagens em trilhos e cadeira para alternância de posição. A avaliação após esta mudança apresentou melhoras nos três métodos de avaliação ergonômica, variando entre 50% e 70% de redução de risco na atividade, garantindo assim o sucesso da melhoria implantada e a satisfação dos trabalhadores.
Abstract: The forest-based enterprises generally produce the seedlings in their nurseries. Mostly it is about a low-risk activity. However, it was detected through conversations and observations that the activity of seedlings for field expedition is the biggest impact, requiring intervention. A meeting with everyone involved in the process, open a tool for identifying problems, called A3 to record the evolution of the project and organize the steps was performed. With the aid of the flow chart of production, we analyzed the activity performed and the ergonomic assessment using three different methodologies: RULA, Couto and OWAS. After the evaluation result, reconvened involved and studied out a measure to reduce stress and increase productivity in the activity. Settings with a high table and chair rails in position switching was developed. The assessment showed improvement after this change in the ergonomic evaluation of three methods, ranging between 50% and 70% risk reduction in activity, thus ensuring the success of implemented improvements and worker satisfaction.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5811
Aparece nas coleções:PB - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_CEEST_V_2014_29.pdf2,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.