Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5863
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMaria, Thiago Santa-
dc.date.accessioned2016-11-21T14:03:50Z-
dc.date.available2016-11-21T14:03:50Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationMARIA, Thiago Santa. Monitoramento das emissões atmosféricas de origem veicular em pontos estratégicos no entorno do lago Igapó no município de Londrina – PR por meio de analisadores portáteis de gases. 2015. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5863-
dc.description.abstractThe cities currently have a serious situation resulting from the growth of the tread in vehicle fleet due to: booming in the automotive sector, increased acquisitive power of the people, the greater need in the transport of consumer goods. Emission of pollutants in the atmosphere have worsened in the cities because of this increase of means of transport, causing significant impacts in air quality and human health. Beyond the air pollution, the growth of cities ends up reducing the number of green areascausing that those which still remain, end up sharing the same environment with intense movement avenues. This study aimed to monitor and analyze the concentrations of air pollutants emitted by vehicular sources in three strategic points in the surroundings of Igapó Lake, located in the center of the city of Londrina, Paraná during the period of October 09 to 25 in 2014. The measurements were performed using the portable gas meter XT Gas Max Alert II, it was found that the concentrations of the gases: hydrogen sulfide (H₂S), carbon monoxide (CO), oxygen (O₂) and the fuel gases were in agreement with the relevant legislation. It was also performed the quantification of the number of vehicles that can serve as a basis for actions of traffic conditions improvement. Despite being recorded carbon monoxide levels above those permitted by CONAMA RESOLUTION 03/1990, the air quality in the sample points was satisfactory. It was also found that the number of vehicles and the category of the same, is not a factor that defines the concentration of pollutantsbut rather the state of preservation and maintenance of these vehicles.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Tecnológica Federal do Paranápt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectAr - Poluição - Mediçãopt_BR
dc.subjectAr - Controle de qualidadept_BR
dc.subjectVeículos a motor - Dispositivos de controle da poluiçãopt_BR
dc.subjectAir - Pollution - Measurementpt_BR
dc.subjectAr quality managementpt_BR
dc.subjectMotor vehicles - Pollution control devicespt_BR
dc.titleMonitoramento das emissões atmosféricas de origem veicular em pontos estratégicos no entorno do lago Igapó no município de Londrina – PR por meio de analisadores portáteis de gasespt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.description.resumoAs cidades apresentam atualmente uma grave situação decorrente do crescimento da frota de veículos em rodagem, devido à: alta do setor automobilístico, aumento do poder aquisitivos das pessoas, maior necessidade no transporte de bens de consumo. As emissões de poluentes na atmosfera têm se agravado nas cidades por causa desse aumento dos meios de transportes, causando impactos significantes na qualidade do ar e na saúde humana. Além da poluição do ar, o crescimento das cidades acaba diminuindo o número de áreas verdes, fazendo com as que ainda restam, acabem dividindo o mesmo ambiente com avenidas de intenso movimento. O presente trabalho teve como objetivo monitorar e analisar as concentrações dos poluentes atmosféricos emitidos por fontes veiculares em três pontos estratégicos no entorno do Lago Igapó, localizado no centro urbano da cidade de Londrina, Paraná durante o período de 09 à 25 de outubro de 2014. As medições foram realizadas através do medidor de gás portátil Gas Alert Max XT II, verificou-se que as concentrações dos gases: gás sulfídrico (H₂S), monóxido de carbono (CO), oxigênio (O₂) e gases combustíveis estiveram de acordo com a legislação pertinente. Realizou-se também a quantificação do número de veículos que poderá servir de base para ações de melhoria das condições de trânsito. Apesar de serem registrados níveis de monóxido de carbono acima do permitido pela RESOLUCAO CONAMA 03/1990, a qualidade do ar nos pontos de amostragem foi satisfatória. Constatou-se também que a quantidade de veículos e a categoria do mesmo, não é um fator que define a concentração de poluentes, e sim o estado de conservação e manutenção desses veículos.pt_BR
dc.degree.localCampo Mourãopt_BR
dc.publisher.localCampo Mouraopt_BR
dc.contributor.advisor1Araújo, José Hilton Bernardino de-
dc.contributor.referee1Araújo, José Hilton Bernardino de-
dc.contributor.referee2Souza, Maricir Cristina Parreira de-
dc.contributor.referee3Oliveira, Rafael Montanhini Soares de-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentDepartamento Acadêmico de Ambientalpt_BR
dc.publisher.programEngenharia Ambientalpt_BR
dc.publisher.initialsUTFPRpt_BR
dc.subject.cnpqEngenharia Ambientalpt_BR
Aparece nas coleções:CM - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CM_COEAM_2014_2_22.pdf2,33 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.