Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5994
Título: Avaliação de coberturas comestíveis à base de quitosana e curcumina na qualidade pós-colheita de uvas benitaka
Título(s) alternativo(s): Edible coverage based on chitosan and curcumin in postharvest quality
Autor(es): Bonfim Neto, Abdon Oliveira
Orientador(es): Leimann, Fernanda Vitória
Palavras-chave: Alimentos - Embalagens
Uva
Materiais nanoestruturados
Frutas - Conservação
Food - Packaging
Grapes
Nanostructured materials
Fruit - Preservation
Data do documento: 23-Nov-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: BONFIM NETO, Abdon Oliveira. Avaliação de coberturas comestíveis à base de quitosana e curcumina na qualidade pós-colheita de uvas benitaka. 2016. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2016.
Resumo: Devido à fragilidade e pela dificuldade em impedir a deterioração de uvas que apresentam uma elevada perda pós colheita propõe-se o uso de recobrimentos comestíveis com função antimicrobiana para prolongar a vida de prateleira das mesmas. Neste trabalho uvas de mesa do tipo Benitaka foram avaliadas com relação à textura, perda de massa e qualidade microbiológica (bolores e leveduras) durante 7 dias de armazenamento a temperatura de 25°C e 51% de umidade relativa. Além das amostras controle (C) (sanitizadas) dois recobrimentos comestíveis foram aplicados, filme de quitosana (Q) e filme de quitosana contendo nanopartículas de zeína com curcumina encapsulada (QC, 15mg/mL de solução filmogênica). A curcumina, foi encapsulada por nanoprecipitação em zeina tendo em vista o aumento de sua solubilidade e sua dispersibilidade em água pois possui característica lipofílica. As nanopartículas foram adicionadas no recobrimento comestível de quitosana e os dois recobrimentos aplicados nas uvas Benitaka levaram a uma maior perda de massa das frutas (até 10,45%) do que a amostra controle (4,72%) após 7 dias de armazenamento. Possivelmente este comportamento foi devido à perda de água presente na matriz polimérica do filme. O perfil de textura das uvas apresentou diferenças significativas (p < 0,05) para o parâmetro de dureza (firmeza) indicando a formação de uma cobertura mais firme ao longo do tempo de armazenamento pela desidratação do filme de quitosana. A qualidade microbiológica das uvas com relação a bolores e leveduras indicou que as amostras recobertas até o terceiro dia de armazenamento apresentaram segurança para o consumo (< 10 UFC/g), porém após o sétimo dia não (acima de 1,33.106 UFC/g), de acordo com o limite indicado pela legislação.
Abstract: Due to the fragility and difficulty in grapes deterioration prevention which have a high postharvest loss the use of edible coatings is proposed with the addition of antimicrobial function to prolong grapes shelf life. In this work Benitaka type table grapes were evaluated in relation to texture, weight loss and microbiological quality (molds and yeasts) for 7 days of storage room temperature at 25 ° C and 51% of relative humidity. A control sample (C) (sanitized) and two edible coatings were applied to Benitaka grapes: chitosan film (Q) and chitosan film added of zein nanoparticles with encapsulated curcumin (QC 15mg/mL of filmogenic solution). Curcumin, recognized by its antimicrobial properties, was encapsulated by nanoprecipitation in zein with the intent of increase its solubility and dispersibility in water since it has a lipophilic character. The nanoparticles were added to the chitosan edible coating and successfully applied to Benitaka grapes. Both edible coatings (Q and QC) led to higher fruit weight loss (up to 10.45%) than the control sample (4.72%) after 7 days of storage. Possibly this behavior was due to the loss of water present in the chitosan matrix. The texture profile of grapes showed a significant difference (p <0.05) for the hardness parameter (firmness) indicating the formation of a harder coating during the storage time due to dehydration of chitosan film. The microbiological quality of Benitaka grapes, with respect to molds and yeasts, indicated that the coated samples until the third day of storage were considered safe for consumption (<10 CFU/g), but after the seventh day not (above 1.33x106 CFU/g), according to the limit indicated by law.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5994
Aparece nas coleções:CM - Engenharia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CM_COEAL_2016_2_01.pdf867,93 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.