Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6178
Título: Remoção de matéria orgânica e fosfato de esgoto de restaurante universitário via wetland de fluxo vertical em fase de start up
Autor(es): Machioni Junior, Marcos Antonio
Orientador(es): Carvalho Junior, Orlando de
Palavras-chave: Esgotos
Águas residuais - Purificação
Sewerage
Sewage - Purification
Data do documento: 27-Jun-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: MACHIONI JUNIOR, Marcos Antonio. Remoção de matéria orgânica e fosfato de esgoto de restaurante universitário via wetland de fluxo vertical em fase de start up. 2016. 88 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2016.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de um sistema wetland construído de fluxo vertical com leito parcialmente submerso plantado com Heliconia rostrata no tratamento de esgoto gerado em restaurante universitário. O experimento foi conduzido ao longo de 38 dias com altura de saturação de leito de 25 centímetros. O sistema wetland foi alimentado com esgoto do restaurante universitário da UTFPR Campus Londrina na forma de pulsos, duas vezes ao dia (13h e 1hr), cada pulso fornecendo 25 litros de esgoto para o sistema. Amostras do esgoto bruto e efluente tratado foram coletadas duas vezes semanalmente e submetidas às análises físico-químicas, sendo DQO, fosfato, alcalinidade, pH, série de sólidos totais e sólidos totais suspensos. Para a composição do maciço filtrante, foram utilizadas camas de brita 2, 1, 0 e areia média (d10= 0,1877 mm, d60= 0,3628 mm, U= 1,9329). Com base nos resultados dos 38 primeiros dias de operação do sistema conclui-se que: hidrogramas mostraram que o tempo de detenção hidráulica do sistema no começo da operação se apresentava em torno de 90 minutos, evoluindo para 160 minutos após um mês de operação do sistema. As cargas médias aplicadas ao sistema foram: 33,24 g dia-1 de DQO, 34,89 g dia-1 de ST, 8,22 g dia-1 de SST e 0,34 gramas dia-1 de fosfato. Na fase de start up do sistema, obteve-se valores médios para o esgoto bruto de 664,80 mgL-1 DQO, 6,99 mgL-1 P-PO43-, 112,60 mgL-1 CaCO3, pH 6,94 e 164,41 mgL-1 SST, o classificando como esgoto de características médias. Após a operação do sistema, foram obtidas eficiências médias globais de remoção de 97,02% DQO, 89,15% P-PO43-, 92,90% SST. Observou-se baixa remoção de sólidos totais devido a não capacidade de remoção de sólidos dissolvidos pelo sistema wetland. As plantas empregadas no processo tiveram dificuldades a se adaptar ao meio nas primeiras semanas, sendo necessário a substituição de 2 plantas. O sistema wetland de fluxo vertical com fundo saturado apresentou altas taxas de remoção de nutrientes de interesse ambiental, atendendo aos parâmetros de lançamento de efluentes em corpos hídricos, reforçando a possibilidade de ser utilizado em locais que não possuam acesso a rede coletora de esgoto.
Abstract: The aim of this work was to evaluate the efficiency of a vertical subsurface flow constructed wetland system with partially submerged bed planted with Heliconia rostrate in the treatment of sewage generated in a university restaurant. The experiment was conducted over 38 days with 0,25 m of bed saturation. The constructed wetland system was fed with sewage of the university restaurant of the UTFPR Campus Londrina in pulses, twice a day (1:00 pm and 1:00 am), each pulse providing 25 liters of sewage into the system. Samples of raw sewage and treated effluent was collected twice weekly and subjected to physicochemical analyses, COD, phosphate, alkalinity, pH, total solids and total suspended solids. For the composition of the filtration media, have been used gravel (class 0, 1, 2) and medium sand (d10 = 0.1877 mm, d60 = 0.3628 mm, U = 1.9329). Based on the results of the first 38 days of system operation, it’s possible to conclude that: hydrographs showed that the hydraulic detention time of the system at the beginning stood in around 90 minutes, evolving to 160 minutes after one month of operation. The average loads applied to the system were: 33,24 g day-1 COD, 34,89 g day-1 of TS, 8,22 g day-1 pf TSS and 0,34 g day-1 of phosphate. During the startup of the system, average values for the raw sewage were 664.80 mg L-1 COD, 6.99 mg L-1 P-PO43-, 112.60 mg L-1 CaCO3, pH 6.94 and 164.41 mg L-1 TSS. After the system operation, global average efficiencies were obtained from 97.02% COD removal 89.15% P-PO43-, 92.90% TSS. Were observed low total solids removal, due to the inability of the constructed wetland to remove dissolved solids. The plants employed in the process had difficulties to adapt in the first few weeks, requiring the replacement of 2 plants. The vertical flow wetland system with partially submerged bed showed high rates of nutrients removal, attending the parameters for releasing effluents into water bodies, required by law, reinforcing the possibility to be used as a treatment system in places without access to sewage collecting system.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6178
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2016_1_12.pdf2,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.