Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6403
Título: Purificação do óleo residual de fritura por carvão ativado visando a produção de biodiesel
Autor(es): Lima, Ana Karolina Mayer de
Orientador(es): Fernandes, Luciano
Palavras-chave: Óleos vegetais como combustível
Resíduos como combustível
Biocombustíveis
Carbono ativado
Vegetable oils as fuel
Waste products as fuel
Biomass energy
Carbon, Activated
Data do documento: 26-Nov-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Ponta Grossa
Referência: LIMA, Ana Karolina Mayer de. Purificação do óleo residual de fritura por carvão ativado visando a produção de biodiesel. 2015. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2015.
Resumo: Após passar pelo processo de fritura o óleo sofre degradações devido ao contato com o ar, o alimento e às altas temperaturas ocorrendo modificações físicas e químicas na sua composição. Tornando-se assim, um resíduo que muitas vezes é descartado de maneira incorreta no meio ambiente. Aliado aos efeitos do uso exagerado de combustíveis fósseis, estudou-se nesse trabalho, a possibilidade do reaproveitamento do óleo residual de fritura destinando-o na utilização como matéria-prima para produção de biodiesel. Os óleos residuais de fritura passaram por um processo de purificação com carvão ativado com a finalidade de remover os ácidos graxos livres presentes no óleo. Foram testadas diferentes amostras de óleos com diferentes carvões ativos. A purificação com o uso de carvões ativados e os parâmetros utilizados para constatar a eficácia de seu uso foram análises de índice de acidez e índice de iodo do óleo antes e depois do uso do carvão. Demonstrando redução do índice de acidez inicialmente 4,60% sem passar pelo processo de purificação e após a purificação com o carvão ativado apresentou índice de acidez equivalente a 4,13%. Alguns parâmetros como: tempo de agitação com o carvão, temperatura de agitação e massa do carvão foram estudados obter melhores resultados. Após a otimização dos parâmetros não foi possível obter o biodiesel do óleo purificado tanto como do óleo sem purificar, porém estudos com outros parâmetros ou outros adsorventes devem ser realizados para obtenção de melhores resultados devido ao grande potencial que os adsorventes podem apresentar na purificação do óleo residual de fritura.
Abstract: After passing through the frying process the oil undergoes degradation due to contact with air, food and high temperatures occurring physical and chemical changes in its composition. Becoming thus a residue that is often disposed of improperly in the environment. Combined with the effects of overuse of fossil fuels, we studied in this work, the possibility of residual oil recycling frying intended it for use as feedstock for biodiesel production. The residual frying oils have undergone a process of purification with activated carbon in order to remove free fatty acids present in the oil. Different oil samples with different activated charcoals were tested. Purification using activated carbons and parameters used to establish the efficacy of their use were acid number analysis and oil of iodine value before and after the use of coal. Demonstrating reduced acid value initially 4.60% without going through the process of purification and after purification with activated carbon had acid value equivalent to 4.13%. Some parameters such as stirring time with coal, agitation temperature and mass of coal were studied best results. After optimization of the parameters was not possible to obtain the purified oil biodiesel as much as the oil without purification, but studies with other parameter settings or other adsorbents should be performed to obtain better results due to the great potential that the adsorbents may have on oil purification residual frying.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6403
Aparece nas coleções:PG - Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_COENQ_2015_2_01.pdf749,32 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.