Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6536
Título: Cinética de degradação in vitro da aveia IAPAR 126 sob diferentes períodos de descanso
Autor(es): Oliveira, Jhone Gleison de
Orientador(es): Henrique, Douglas Sampaio
Palavras-chave: Aveia
Forragem
Ruminante
Oats
Forage
Ruminants
Data do documento: 19-Nov-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: OLIVEIRA, Jhone Gleison de. Cinética de degradação in vitro a aveia IAPAR 126 sob diferentes períodos de descanso. 2013. 63 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois vizinhos, 2013.
Resumo: Os sistemas de formulação de dietas exigem a avaliação de alimentos, entre estes as forrageirasconstituem afonte alimentar mais utilizada para ruminantes. Os parâmetros cinéticos dedegradaçãosão importantes porque eles além de descrevera digestão, caracterizam as propriedades intrínsecas dos alimentos que limitam a disponibilidades para os ruminantes. O objetivo deste trabalho foi determinar a cinética de degradação da aveia brancaIAPAR 126 sob diferentes períodos de descanso através do método de produção de gás. O trabalho foi conduzido na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois Vizinhos, localizado no terceiro planalto paranaense. Foram utilizadosdois cortes da forrageira ao decorrer do ciclo vegetativo avaliando quatro períodos de descanso sendo estes:14, 21, 28e 35 dias distribuídos em quatro blocos casualizados.As leituras de pressão e de volume foram realizadas a 1, 2, 3, 6, 8, 10, 12, 16, 20, 24, 30, 36, 48, 72, e 96 h de incubaçãoAs mensurações de gás foram obtidas por meio de um dispositivo não automatizado, composto por um manômetro ligado a um sistema vaso comunicante para leitura de pressão e volume respectivamente.As interpretações dos parâmetros de cinética de degradação foram analisados pelo modelo logístico bicompartimental: V(t) = (V1/ (1+exp (2-4*k1* (T-ʎ))) + (V2/ (1+exp (2-4*k2* (T-ʎ))). Os parâmetros ajustados no modelo logístico bicompartimental foram estimados pelo procedimento NLIN do aplicativo SAS® (versão 9) com o método de Marquardt. Para verificar se houve influênciados tratamentos nos valoresdos parâmetros foi utilizada a análise de medidas repetidas com a metodologia de modelos mistos por meio do procedimento PROC MIXED do SAS (versão 9) e a máxima verossimilhança restrita (REML) como o método de estimativa. Para a modelagem da matriz de variância e covariância, foram testadas quatro estruturas: VC, CS, AR (1) e UN. A relação entre pressão e volume dos gases foi linear e altamente significativa (P<0,0001). A utilização do modelo logístico bicompartimental permitiu a obtenção de estimativas dos parâmetros condizentes com a teoria em vigor. Os volumes de gás produzido pela degradação dos carboidratos não fibrosos (V1) e pelos carboidratos fibrosos (V2), não foram influenciados pelos dias de descanso. A taxa de degradação encontrada para os CNF (k1) aumentou com o avanço da maturidade das plantas. Quanto à taxa de degradação dos CF (k2), não houve diferença estatística entre os diferentes tratamentos. O tempo de colonização do substrato pelos microrganismos ruminais (ʎ)não se diferenciou em função dos dias de descanso. A fermentação da aveia às 48 horas de incubação foi influenciada (P=0,0009) negativamente com o advento da maturidade da planta.
Abstract: The diet formulation systems require the measurements of food among these forages are the most widely used food source for ruminants. The kinetics of degradation are important because they describe the addition of digestion characterize the intrinsic properties of food which limit the availability to the ruminant. The objective of this study was to determine the kinetics of degradation of oat IAPAR 126 under different rest periods by the method of gas production. The study was conducted at theUniversidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois Vizinhos, located on the third plateau of Paraná. We used two cuts of forage during the vegetative cycle testing four rest periods which are: 14, 2, 28 and 35 days distributed in four randomized blocks. The readings of pressure and volume were taken at 1, 2, 3, 6, 8, 10, 12, 16, 20, 24, 30, 36, 48, 72, and 96 hours of incubation. The measurements of gas were obtained by means of a non-automated, comprising a manometer connected to a vessel communicating system for reading pressure and volume respectively. The interpretations of the kinetic parameters of degradation were analyzed by logistic model bicompartmental: V (t) = (V1/ (1 exp (2 -4*k1*(T-ʎ))) (V2/ (1 exp (2 -4*k2*(T-ʎ))). The adjusted parameters in the model were estimated by logistic bicompartmental NLIN procedure of SAS ® application (version 9) with the Marquardt method. To determine whether there was influence of the treatments onthe values of the parameters we used repeated measures analysis with a mixed model methodology using the PROC MIXED procedure of SAS (version 9) and restricted maximum likelihood (REML) as the estimation method. For modeling the variance and covariance matrix were tested four structures: VC, CS, AR (1) and UN. The relationship between pressure and volume of gas was linear and highly significant (P<0.0001). The use of the logistic model bicompartmental allowed obtaining estimates of parameters consistent with the existing theory. The volumes of gas produced by the degradation of non-fiber carbohydrates (V1) and the fiber (V2) were not influenced by rest days. The degradation rate observed for the non-fiber carbohydrates (k1) increased with advancing plant maturity. As the rate of degradation of the fiber (k2), there was no statistical difference between the different treatments. The time of colonization of the substrate by rumen microorganisms (ʎ) did not differ as a function of days of rest. Fermentation of oats at 48 hours of incubation was influenced (P=0.0009) negatively with the advent of plant maturity.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6536
Aparece nas coleções:DV - Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COZOO_2013_1_8.pdf988,82 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.