Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6575
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSbalqueiro, Larissa Caroline-
dc.date.accessioned2017-03-01T10:57:50Z-
dc.date.available2017-03-01T10:57:50Z-
dc.date.issued2014-10-11-
dc.identifier.citationSBALQUEIRO, Larissa Caroline. Estudo da viabilidade econômica do aproveitamento do biogás produzido no aterro sanitário de Foz do Iguaçu–PR como fonte de energia elétrica. 2014. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2014.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6575-
dc.description.abstractThe final disposition of urban solid residue in sanitary landfill is one way to destination less impactful and more environmentally suitable to discard the residue. Although this alternative reduce considerably the environment problems occasioned by the inappropriate disposition of residue, the microbiological degradation of organic matter produce hight ratter of pollutants gases emission, in special the methane gas. In this context, the methane energetic use in sanitary landfill can show a economic and environment solution, once, besides avoiding the air pollution can also serve the local energy demands. Thus, the study objective was made an analysis of the economic viability of the energetic biogas use generated in the Foz do Iguaçu – PR sanitary landfill. Using the Intergovernmental Panel on Climate Change IPCC 1996 methodology to estimate the potential of methane emission of 2001 to 2010, and the method of project to estimate the generating biogas after closing the cell, also it was accomplished the sizing and the costs the implantation of the catchent system and the energetic biogas use. Based in this results, the analysis of the economic viability of the project was made using this criterions: payback, VPL and TIR, showing that to the landfill in study is uneconomical and environment feasible to carry out the energetic biogas use, once the technology costs of the use are very hight.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Tecnológica Federal do Paranápt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectDesenvolvimento sustentávelpt_BR
dc.subjectEnergia - Fontes alternativaspt_BR
dc.subjectBiocombustíveispt_BR
dc.subjectSustainable developmentpt_BR
dc.subjectRenewable energy sourcespt_BR
dc.subjectBiomass energypt_BR
dc.titleEstudo da viabilidade econômica do aproveitamento do biogás produzido no aterro sanitário de Foz do Iguaçu–PR como fonte de energia elétricapt_BR
dc.typespecializationThesispt_BR
dc.description.resumoA disposição final dos resíduos sólidos urbanos em aterros sanitários é uma das formas de destinação menos impactante e ambientalmente mais adequadas para o descarte dos resíduos. Muito embora essa medida reduza consideravelmente os problemas ambientais ocasionados pela disposição inadequada destes resíduos, a degradação microbiológica da matéria orgânica produz altos índices de emissão de gases poluentes, em especial o gás metano. Nesse contexto, o aproveitamento energético do metano em aterros sanitários pode representar uma solução econômica e ambiental, uma vez que, além de evitar a poluição atmosférica, também pode atender as demandas energéticas locais. Deste modo, o presente trabalho objetivou fazer uma análise de viabilidade econômica do aproveitamento energético do biogás gerado no Aterro Sanitário de Foz do Iguaçu – PR. Utilizou-se a metodologia do Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) de 1996 para estimar o potencial de emissão de metano de 2001 a 2010, e o método de projeto para estimar a geração de biogás após o fechamento da célula, também foi realizado o dimensionamento e o levantamento de custos para a implantação do sistema de captação e aproveitamento energético do biogás. Com base nesses resultados a análise de viabilidade econômica do projeto foi realizada utilizando os critérios payback, VPL e TIR, onde demonstrou-se que para este aterro é ambientalmente viável e economicamente inviável realizar o aproveitamento energético do biogás uma vez que os custos das tecnologias para aproveitamento são bastante elevada.pt_BR
dc.degree.localMedianeirapt_BR
dc.publisher.localMedianeirapt_BR
dc.contributor.advisor1Santos Junior, Elias Lira dos-
dc.contributor.referee1Santos Junior, Elias Lira dos-
dc.contributor.referee2Lied, Eduardo Borges-
dc.contributor.referee3Ramirez, Kleber Gomes-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programGestão Ambiental em Municípiospt_BR
dc.publisher.initialsUTFPRpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIASpt_BR
Aparece nas coleções:MD - Gestão Ambiental em Municípios

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MD_GAMUNI_VI_2014_48.pdf1,24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.