Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6720
Título: Análise ergonômica de postos de trabalho de uma indústria química utilizando os métodos NIOSH e OWAS
Autor(es): Silva, André Silveira Costa da
Orientador(es): Catai, Rodrigo Eduardo
Palavras-chave: Ergonomia
Indústria química - Fatores de risco
Ambiente de trabalho - Fatores de risco
Human engineering
Chemical industry - Risk factors
Work environment - Risk factors
Data do documento: 6-Mai-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: SILVA, André Silveira Costa da. Análise ergonômica de postos de trabalho de uma indústria química utilizando os métodos NIOSH e OWAS. 2015. 65 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2015.
Resumo: A finalidade deste estudo foi desenvolver uma análise ergonômica dentro de uma Indústria Química do ramo de emulsões parafínicas com a finalidade de identificar as rotinas de trabalho dos setores de Produção, Laboratório e Limpeza, avaliar o levantamento das cargas e posturas adotadas pelos trabalhadores nos setores avaliados e propor melhorias e adequações para os seguintes postos de trabalho: Operador de Produção, Técnico Químico e Auxiliar de Limpeza. Para chegar aos objetivos deste estudo foi realizada uma Análise Ergonômica do Trabalho (AET) utilizando-se dos métodos OWAS para avaliação da postura e do método NIOSH para avaliar a carga levantada pelos trabalhadores durante as tarefas. Também foi utilizado um questionário para levantar as características dos trabalhadores de cada setor. No estudo, o setor da Produção destaca-se por ser o setor mais crítico, pois foi nele que se encontraram os piores resultados das avaliações: na etapa 1 o Limite de Peso Recomendado (LPR) foi de 7,067 kg e o Índice de Levantamento (IL) foi de 3,538; na etapa 2 o LPR foi de 6,484 kg e o IL foi de 3,856; na etapa 3 são necessárias correções imediatas na postura do trabalhador. Após feita as recomendações para adequações, na etapa 1 o LPR ficou em 15,064 kg e o IL em 0,998; na etapa 2 o LPR ficou em 15,070 kg e o IL em 0,995; na etapa 3 não são necessárias mediadas corretivas. Portanto, com o estudo pode-se identificar as rotinas de trabalho, analisar o levantamento das cargas e posturas de cada posto de trabalho avaliado e desenvolver uma Análise Ergonômica do Trabalho (AET).
Abstract: The purpose of this study was to develop an ergonomic analysis within a branch of Chemical Industry of paraffin emulsions in order to identify the work routines of production sectors, Laboratory and cleaning evaluate the lifting of loads and postures adopted by workers in the evaluated sectors and propose improvements and adjustments for the following jobs: Production Operator, Chemical and Technical Assistant Cleanup. To reach the objectives of this study an Ergonomic Work Analysis was performed (EWA) using the OWAS methods for evaluating posture and NIOSH method for evaluating the load raised by workers during the tasks. It was also used a questionnaire to raise the characteristics of workers in each sector. In the study, the production sector stands out for being the most critical sector because it was him who found the worst results of the evaluations: In step 1 the Recommended Weight Limit (RWL) was 7.067 kg and the Survey Index (SI) was 3,538; RWL in step 2 was 6.484 kg and SI was 3,856; in step 3 are required immediate corrections in the worker's posture. After made recommendations for adjustments in step 1 in the RWL stood at 15.064 kg and the SI in 0.998; in step 2 in the RWL was 15.070 kg and 0.995 for SI; in step 3 are not necessary corrective mediated. Therefore, the study can identify the routines of work, analyzing the lifting of loads and positions of each evaluated job and develop an Ergonomic Work Analysis (EWA).
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6720
Aparece nas coleções:CT - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_CEEST_XXX_2015_04.pdf4,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.