Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6920
Título: Soro de leite como meio de cultivo de micro-organismo antagonista a fungos micotoxigênicos
Título(s) alternativo(s): Whey as culture media for antagonistis microorganisms for mycotoxigenic fungi
Autor(es): Kanemaru, Michel Yudi Shinkai
Orientador(es): Santos, Eder da Costa dos
Palavras-chave: Microbiologia - Cultura e meios de cultura
Alimentos - Microbiologia
Microbiology - Cultures and culture media
Food - Microbiology
Data do documento: 8-Dez-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Francisco Beltrao
Referência: KANEMARU, Michel Yudi Shinkai. Soro de leite como meio de cultivo de micro-organismo antagonista a fungos micotoxigênicos. 2014. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação). Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Francisco Beltrão, 2014.
Resumo: Um dos principais problemas na produção de alimentos é a contaminação e deterioração fungicas, essa podendo ocorrer pré e pós-colheita é responsável por 25% das perdas de alimentos ao redor do mundo e alcançando até 50% em alguns alimentos em países de clima tropical, parar reduzir essas perdas muitos países fazem o uso intensivo de defensivos agrícolas, entretanto devido ao elevado grau de toxicidade destes estão sendo banido por diversos países ao redor do mundo. Como forma alternativa para reduzir a contaminação fúngica, vários autores vem relatando o biocontrole a partir do uso de micro-organismos antagonistas. Entretanto grande parte dos estudos é focada ao teste de novas cepas e identificação de compostos, sendo produção desses micro-organismos é metabolitos negligenciadas. A produção desses micro-organismos é parte fundamental para a viabilidade econômica de sua aplicação, nesse contexto o reaproveitamento de resíduos agroindustriais ricos em nutrientes para aplicação como meio de cultura tem sido utilizado pela indústria em alternativa aos meios de cultivos sintéticos que encareceria o processo de produção. A região sudoeste do Paraná é uma grande produtora de queijos, do qual produzem todos os dias uma enorme quantidade de soro de leite, este contendo uma grande quantidade de proteínas, açucare e sais minerais. É utilizado na alimentação animal ou vendido a valores extremamente baixo, e em muitos casos descartado na natureza sem nenhum tratamento. O presente trabalho teve como objetivo a utilização do soro do leite como meio de cultura a micro-organismos antagonista a fungos micotoxigênico. Foram realizados tratamentos para verificar o efeito do soro do leite como meio de cultivo, analisando o crescimento do micro-organismo, a atividade antagonista e capacidade de produzir substanciam antifúngicas a cada 24 horas do cultivo desde 0 hora até 144 horas de incubação, frente ao F. verticillioides. Foi isolado um total de 32 micro organismos, sendo que apenas a cepa L13 demostrou atividade contra todos os fungos micotoxigênico teste, sendo esse escolhido para realização dos testes com meio de soro de leite. O máximo de crescimento do micro-organismo foi de 9,5 Log UFC.mL-1 (96 h) no meio controle e de 8,5 Log UFC.mL-1(96h) no meio de soro de leite. Enquanto que a maior inibição foi atingida em 72 horas no meio em soro (18,66 mm) e no meio controle (17,22 mm), mostrando que o cultivo em soro de leite não afetou a capacidade antagonista da cepa L13. O uso do soro de leite como meio de cultivo para o micro organismo L13 se mostrou possível e viável, não alterando suas capacidades antagônicas ao fungo teste. Este é o primeiro trabalho relatando a utilização do soro de leite para produção de micro-organismos antagonistas a fungos micotoxigênicos, tal como o primeiro a relatar o potencial de uso de micro-organismo altamente acidificante no controle de fungos micotoxigênicos.
Abstract: A major problem in food production is the fungal contamination and deterioration, this can occur pre and post-harvest, providing at least 25% of the losses of food around the world and reaching 50% in some foods in tropical countries, to reduce these losses many countries make intensive use of pesticides, however due to the high degree of toxicity of these are being banned by many countries around the world. Alternatively to reduce fungal contamination, several authors reporting the biocontrol as a potential alternative, comes from the use of antagonists microorganisms. However most studies are focused on the test strains and identification of new compounds, being producing these micro-organisms neglected. The production of these microorganisms is a fundamental part of the economic feasibility of its application in this context the reuse of industrial residues rich in nutrients for use as a medium has been used by the industry as an alternative to synthetic culture medium that can become inexpensive for the process of production. The southwest region of Paraná is a greater producer of cheese, which produces every day a huge amount of whey, this contains a lot of protein, sugars and minerals. It is used as animal feed or sold at extremely low values, and in many cases discarded in nature without any treatment. This study aimed to use whey as culture medium for antagonistic microorganisms against mycotoxigenic fungi. Treatments were performed to verify the effect of whey as a growth medium, by analyzing the growth of the microorganism, the antagonist activity and ability to produce antifungal substantiate every 24 hours of cultivation from 0 hour to 144 hours of incubation against F. verticillioides. Was isolated from a total of 32 microorganisms, and only the strain L13 demonstrated activity against all the test fungi mycotoxigenic, this being chosen to perform the tests with whey medium. The maximum growth of the microorganism was 9.5 Log CFU.mL-1 (96 hours) in malt extract broth(CEM) medium and 8.5 log CFU.mL-1 (96h) in the middle of whey. While the highest inhibition was achieved at 72 hours in Whey based medium (18.66 mm) and CEM means (17,22 mm), showing that the cultivation in whey based medium did not affect the antagonist ability of strain L13. The use of whey as culture medium for the L13 microorganism proved possible and feasible, not changing their antagonistic capacity to test fungus. This is the first work reporting the use of whey for the production of microorganisms antagonistic to mycotoxigenic fungi as the first to report the potential of highly acidifying micro-organism for use in controlling mycotoxigenic fungi.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6920
Aparece nas coleções:FB - Tecnologia em Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FB_COALM_2014_2_04.pdf
  Disponível a partir de 5000-12-30
1,97 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.