Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6980
Título: Valorização de subprodutos agroindustriais: potencial utilização em indústrias alimentícias e de biotecnologia
Título(s) alternativo(s): Valuation by-products agroindustrial: potential use in food industries and biotechnology
Autor(es): Bicas, Thariane Carvalho
Orientador(es): Oldoni, Tatiane Luiza Cadorin
Palavras-chave: Fermentação - Subprodutos
Açúcares (Química orgânica)
Maçã - Subprodutos
Uva - Subprodutos
Fermentation - By-products
Sugars
Apples - By-products
Grapes - By-products
Data do documento: 21-Nov-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: BICAS, Thariane Carvalho. Valorização de subprodutos agroindustriais: potencial utilização em indústrias alimentícias e de biotecnologia. 2016. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2016.
Resumo: O Brasil tem sua economia fortemente baseada no agronegócio, destacando-se, dentre seus inúmeros setores, as indústrias alimentícias. Entretanto, durante as etapas do processamento agroindustrial, são gerados largas quantidades de subprodutos, os quais podem suscitar problemas ao meio ambiente, quando descartados inadequadamente. Com o objetivo de apresentar uma proposta mais nobre para a utilização dos subprodutos bagaço e engaço de uva, gerados em agroindústria vinícola, e bagaço de maçã, oriundo do processamento de geleias, foram realizadas a caracterização de tais biomassas por meio de análises físicoquímicas e cromatográficas. A hidrólise ácida empregada nos resíduos teve o objetivo de disponibilizar os açúcares fermentescíveis para posterior identificação e quantificação por Cromatografia Liquida de Alta Eficiência (CLAE-IR) e (CLAE-DAD) para a avaliação do potencial nutricional e biotecnológico destes. Os subprodutos avaliados apresentaram elevado valor nutricional, com destaque para os altos teores de carboidratos, que variaram de 36,47; 42,36 e 55,01 g 100.g-1 para os resíduos de bagaço de uva, bagaço de maçã e engaço de uva, respectivamente. Apresentaram ainda consideráveis teores de proteínas, embora sejam biomassas de origem vegetal. Os açúcares identificados e quantificados por CLAE-IR foram glicose, xilose, celobiose e arabinose. Entre os resíduos estudados, o bagaço de maçã destacou-se frente a metodologia de hidrólise empregada, pois apresentou maior quantidade de açúcares identificados e quantificados, dentre os padrões disponíveis, sendo a xilose encontrada em maior concentração (7,40 g.L-1). A análise por CLAEDAD possibilitou a identificação e quantificação dos compostos tóxicos furfural e hidroximetilfurfural (HMF), que provém da degradação de hexoses e pentoses presentes na matriz hemicelulósica. Contudo, a quantidade destes compostos nos hidrolisados não é considerado capaz de inibir o crescimento microbiológico. Os teores de açúcares fermentescíveis sugerem que estas biomassas apresentam potencial a ser explorado como substrato em processos fermentativos e indicam que é possível agregar valor aos resíduos regionais, tornando-os insumos a serem utilizados nas indústrias alimentícias e de biotecnologia.
Abstract: Brazil has its economy strongly based on agribusiness, highlighting, among its numerous branches, the food industries. However, during the agro-industrial processing steps, large quantities of byproducts are generated, resulting in problems to the environment. Aiming to present a more noble usage for grape pomace and stems by-products, generated by the wine agro-industry, and apple pomace byproducts, coming from jellies processing, the biomasses were characterized by physical-chemical and chromatographic analysis. The acid hydrolysis of these wastes was aimed to provide the fermentable sugars for later identification and quantification by High Performance Liquid Chromatography (HPLC-RI) and (HPLC-DAD) for the evaluation of the nutritional and biotechnological potential. The by-products showed high carbohydrate content ranging from 36.47 to 42.36 and 55.01 g 100.g-1 for grape pomace, apple pomace and grape stems wastes, respectively. Despite being vegetable biomasses, the by-products still exhibit significant protein content. The sugars identified and quantified by HPLC are glucose, xylose, arabinose and cellobiose. Among the wastes used in this study, the apple pomace showed the best results for the employed hydrolysis methodology, since it had the highest number of identified and quantified sugars, given the available standards, being xylose the one with higher concentration levels (7.40 g.L-1). The HPLC-DAD Analysis enabled the identification and quantification of the toxic compounds furfural and hydroxymethylfurfural (HMF), which comes from the degradation of hexoses and pentoses present in hemicellulose matrix. Nevertheless, the amount of these compounds in the hemicellulose hydrolysate is not considered to not represent microbial growth inhibition risks. The fermentable sugars levels suggest that these biomasses have the potential to be exploited as a substrate in fermentation processes and indicated that it is possible to value the regional industrial byproducts, making them suitable as components in the food and biotechnology industries.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/6980
Aparece nas coleções:PB - Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_DAQUI_2016_2_1.pdf1,92 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.