Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/728
Título: Produção e valor nutritivo de forrageiras anuais de estação fria em diferentes épocas de semeadura
Autor(es): Laabs, Marcelo Lottermann
Orientador(es): Paris, Wagner
Palavras-chave: Plantas forrageiras
Bovino - Alimentação e rações
Pastagens
Forage plants
Cattle - Feeding and feeds
Pastures
Data do documento: 2011
Editor: Universidade Tecnologia Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: LAABS, Marcelo Lottermann. Produção e valor nutritivo de forrageiras anuais de estação fria em diferentes épocas de semeadura. 2011. 25 f. Trabalho Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2011.
Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar a produção de forragens de três diferentes genótipos de aveia (Avena sativa) cv. IPR 126, (Avena strigosa Schreb) cv. IAPAR 61, e aveia comum (Avena strigosa Schreb), um genótipo de azevém (Lolium multiflorum Lam.) cv. Comum e também um genótipo de Centeio (Secale cereale) em diferentes épocas de semeadura. O trabalho foi realizado na Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Dois Vizinhos-PR. Observou-se uma diferença significativa na produção de forragem entre os cultivares e também entre as épocas de semeadura. O azevém Barjumbo se destacou pela sua alta produção de massa de forragem e pelo maior número de cortes entre as forrageiras quando semeado no dia 4 de abril. O Centeio foi o cultivar que apresentou o menor numero de cortes e a menor massa de forragem quando semeado no dia 16 de maio. Os cultivares de Aveia IPR 126 e Aveia IAPAR 61 não apresentaram diferenças significativas entre elas, já a aveia comum apresentou uma maior massa de forragem quando semeada em maio. A época de semeadura não teve grande influência no valor nutritivo das forrageiras, sendo recomendada a semeadura no inicio do mês de abril. O valor nutritivo das cultivares de azevém e IPR 126 foram inferiores às demais cultivares (Aveia comum, IAPAR 61 e centeio), justificando maiores estudos com relação à altura de corte para estas espécies, assim como avaliação da qualidade em diferentes meses do ano, pois considerar a média da planta não é adequado devido seu ciclo vegetativo interferir nos teores de proteína e fibra. A melhor época para a semeadura das forrageiras de estação fria para o Sudoeste do Paraná é no inicio de abril, que foi a época onde as forrageiras apresentaram seu maior número de cortes possibilitando assim um melhor aproveitamento da pastagem.
Abstract: The objective of this study was to evaluate forage production of three different genotypes of oat (Avena sativa) cv. IPR 126, (Avena strigosa Schreb) cv. IAPAR 61, and common oat (Avena strigosa Schreb), a genotype of ryegrass (Lolium multiflorum Lam) cv. common and also a genotype of Rye (Secale cereale) at different sowing dates. The study was conducted at Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Dois Vizinhos-PR. There was a significant difference in forage production among cultivars and also between sowing dates. Ryegrass Barjumbo stood out for its high production of forage mass and the greater number of cuts between the forage when seeded on April 4. The Rye was the cultivar with the lowest number of cuts and lower forage mass when seeded on May 16. Cultivars of Oat IPR 126 and Oat IAPAR 61 no significant differences between them, as common oat showed higher forage mass when sown in May. The sowing season has not had major influence on the nutritive value of forage seeding is recommended at the beginning of April. The nutritional value of ryegrass and IPR 126 cultivars were less than the other cultivars (common oats, IAPAR 61 and rye), justifying further studies in relation to cutting height for these species, as well as quality assessment in different months of the year because consider the average of the plant is not suitable because its vegetative cycle interfere with protein and fiber. The best time for sowing of winter forage for the South West of Paraná is the beginning of April, which was the time when the forages its largest number of cuts thus enabling a better use of pasture.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/728
Aparece nas coleções:DV - Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COZOO_2011_2_15.pdf144,94 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.