Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7621
Título: Papel dos miRNAS no tecido adiposo normal e obeso: revisão da literatura
Autor(es): Felicidade, Ingrid
Orientador(es): Paschoal, Alexandre Rossi
Palavras-chave: Obesidade
Tecidos (Anatomia e fisiologia)
Genética molecular
Obesity
Tissues
Molecular genetics
Data do documento: 22-Ago-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: FELICIDADE, Ingrid. Papel dos miRNAS no tecido adiposo normal e obeso: revisão da literatura. 2016. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2016.
Resumo: A prevalência mundial de obesidade mais que dobrou entre 1980 e 2014, onde mais de 1,9 bilhões de adultos, com 18 anos ou mais, estão sobrepeso, e mais de 600 milhões desses são obesos. No Brasil, de acordo com as últimas pesquisas, em 2014, 52,5% dos brasileiros são sobrepesos, enquanto 17,9% são obesos. Obesidade é o maior fator de risco para doenças não-transmissíveis, como patologias cardiovasculares, diabetes mellitus tipo 2, hipertensão e câncer. Indivíduos obesos metabolicamente saudáveis tendem a apresentar um quadro de obesidade hiperplásica, o que garante a integridade da função do tecido adiposo, e tem-se demonstrado ser a chave para a manutenção da homeostase corporal em casos de desequilíbrio no metabolismo energético, como obesidade. Dessa forma, o estudo da adipogênese e de fatores que podem influenciar nessas fases de proliferação e diferenciação, são de extrema relevância no contexto da obesidade e patologias associadas. MicroRNAs (miRNAs) são um dos fatores que têm demonstrado ter um papel essencial na adipogênese e na regulação de funções metabólicas e endócrinas do tecido adiposo. Ademais, o quadro de obesidade demonstra influenciar a expressão de miRNAs no tecido adiposo, apesar do pouco número de validação experimental em humanos. Portanto, a presente revisão apresenta, a partir de dados da literatura, a influência de miRNAs na adipogênese, acrescido da influência da obesidade.
Abstract: The worldwide prevalence of obesity has more than doubled between 1980 and 2014, where more than 1.9 billion adults, 18 years or older, are overweight and more than 600 million of these are obese. In Brazil, according to the latest research, in 2014, 52.5% of Brazilians are overweight, while 17.9% are obese. Obesity is a major risk factor for noncommunicable diseases such as cardiovascular diseases, type 2 diabetes mellitus, hypertension and cancer. Metabolic healthy obese subjects tend to have hyperplastic obesity frame, which ensures the integrity of adipose tissue function and has been shown to be a key to maintaining body homeostasis in cases of imbalance in energy metabolism, e.g. obesity. Thus, the study of adipogenesis and factors that may influence these phases of proliferation and differentiation, are very important in the context of obesity and associated diseases. MicroRNAs (miRNAs) are one of the factors that have been shown to have an essential role in adipogenesis and in the regulation of metabolic and endocrine functions of adipose tissue. Moreover, obesity shows influence the expression of miRNAs in adipose tissue, despite the small number of experimental validation in humans. Therefore, this review shows, from the literature, the influence of miRNAs on adipogenesis, in addition to the influence of obesity.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7621
Aparece nas coleções:LD - Bioinformática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_BIOINFO_I_2016_03.pdf752,4 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.