Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7745
Título: Uso de resíduos industriais de hidrocarbonetos para produção de biopolímeros - PHA
Título(s) alternativo(s): Use of industrial waste of hydracarbons for production of biopolymers - PHA
Autor(es): Barbosa, Andréia Vieira
Orientador(es): Bittencourt, Juliana Vitoria Messias
Palavras-chave: Resíduos industriais
Hidrocarbonetos
Biopolímeros
Factory and trade waste
Hydrocarbons
Biopolymers
Data do documento: 19-Abr-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Ponta Grossa
Referência: BARBOSA, Andréia Vieira. Uso de resíduos industriais de hidrocarbonetos para produção de biopolímeros - PHA. 2017. 26 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2017.
Resumo: Os polihidroxialcanoatos (PHAs) são poliésteres produzidos por diversos micro-organismos que sintetizam e os acumulam na forma de grânulos intracelulares, desde que haja no meio de cultivo excesso de nutrientes e limitação de fonte de carbono. Biopolímeros são polissacarídeos de origem microbiana, também conhecidos como gomas, que têm a capacidade de formar géis e soluções viscosas em meio aquoso. Portanto, o objetivo desse trabalho foi avaliar a produção de biopolímeros-PHA, a partir do uso de resíduos industriais de hidrocarbonetos,como óleo de motor, óleo de fritura e caldo do bagaço de cana. Nos experimentos foram verificados a produção das células microbianas, cinética, potencial hidrogeniônico, acidez titulável, determinação da concentração de açúcares totais no fermentado, biomassa seca e extração de PHA, utilizou-se um planejamento experimental fatorial 23, com três pontos centrais. Como resultado verificou-se que a Sphingomonas spp. submetida do meio fermentantativo contendo 5 g L-1 de óleo vegetal de fritura e 5 g L-1 caldo de bagaço da cana obteve maior quantidade de PHA ao final de 192 h, com maior produtividade durante a fase logarítmica de crescimento. Novas pesquisas como os semelhantes ao deste estudo são importantes, e a continuação deste trabalho seria interessante a fim de verificar a possível aplicação industrial do polímero produzido.
Abstract: Polyhydroxyalkanoates (PHAs) are polyesters produced by various microorganisms that synthesize and accumulate them in the form of intracellular granules, provided there is excess nutrient and carbon source limitation in the culture medium. Biopolymers are polysaccharides of microbial origin, also known as gums, which have the ability to form gels and viscous solutions in aqueous media. Therefore, the objective of this work was to evaluate the production of PHA biopolymers, from the use of industrial hydrocarbon residues such as motor oil, frying oil and sugarcane bagasse. In the experiments were verified the production of microbial cells, kinetics, hydrogenation potential, titratable acidity, determination of the total sugars concentration in the fermented, dry biomass and extraction of PHA, using a factorial experimental design 23, with three central points. As a result Sphingomonas spp. Submitted to the fermentation medium containing 5 g L-1 frying vegetable oil and 5 g L-1 cane bagasse broth obtained higher amount of PHA at the end of 192 h, with higher productivity during the log phase of growth. New researches similar to those in this study are important, and the continuation of this work would be interesting in order to verify the possible industrial application of the polymer produced.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7745
Aparece nas coleções:PG - Tecnologia em Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_COALM_2017_1_02.pdf965,36 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.