Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7752
Título: Técnicas para avaliar a viabilidade do pólen de Eucalyptus brassiana e Eucalyptus urophylla
Título(s) alternativo(s): Techniques for evaluating the viability of Eucalyptus brassiana and Eucalyptus urophylla pollen
Autor(es): Santos, Ana Claudia Schllemer dos
Orientador(es): Wendt, Simone Neumann
Palavras-chave: Eucalipto
Germinação
Corantes
Eucalyptus
Germination
Colorings matter
Data do documento: 7-Dez-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: SANTOS, Ana Claudia Schllemer dos. Técnicas para avaliar a viabilidade do pólen de Eucalyptus brassiana e Eucalyptus urophylla. 2016. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2016.
Resumo: O gênero Eucalyptus apresenta várias espécies com ampla utilização, como matéria prima para a indústria madeireira, de papel e celulose, fabricação de móveis e produção de energia. Os programas de melhoramento têm contribuído para aumentar a produtividade e qualidade dos produtos desta espécie. Esse sucesso deve-se principalmente a utilização da hibridação, empregando-se a polinização controlada. Essa técnica apresenta inúmeras vantagens na síntese de híbridos, pois, além de proporcionar o conhecimento da capacidade geral e/ou específica de combinação das matrizes, possibilita o cruzamento entre parentais com características específicas para o melhoramento florestal. Para que esse processo seja bem-sucedido é de extrema importância o uso de pólen viável, adequadamente manipulado, incluindo a coleta, extração, secagem, armazenamento e a análise da sua viabilidade. O presente trabalho teve como objetivo estabelecer melhor técnica para indicar a viabilidade do pólen de Eucalyptus brassiana e Eucalyptus urophylla. O trabalho foi realizado no Laboratório de Pólen da Embrapa Florestas, no município de Colombo – Paraná. Neste estudo, foram utilizados os pólens de duas espécies do gênero Eucalyptus: E. brassiana S.T. Blake, E. urophylla S.T. Blake. Para os testes de germinação in vitro foram utilizados diferentes meios de cultura considerando o meio de Brewbaker & Kwack, e diferentes tipos de açúcares: sacarose, frutose, lactose, galactose, glicose. Os ensaios de germinação foram realizados em blocos ao acaso, com quatro repetições e a contagem de 300 grãos de pólen por repetição. Foram considerados como germinados os grãos que apresentarem tubo polínico com comprimento maior que seu diâmetro maior. Para a análise da viabilidade utilizando corantes específicos, foram empregados o uso de diferentes corantes e concentrações: 2,3,5 Cloreto de trifeniltetrazólio (TTC) com as concentrações 0,5 %, 1,0 % e 1,5 % e Azul de Lactofenol a 1 %. Com isso foi possível o aperfeiçoamento de técnicas adequadas para os testes de viabilidade do pólen de E. urophylla e E. brassiana empregadas no trabalho. O açúcar que se mostrou mais eficiente foi a sacarose proporcionando as maiores porcentagens de germinação, 79,17 % e 63,50 %, para E. urophylla e E. brassiana, respectivamente e o corante que melhor expressou a viabilidade polínica foi o 2,3,5 Cloreto de trifeniltetrazólio com a concentração de 1,5% por 60 minutos.
Abstract: The genus Eucalyptus presents several species with wide use, as raw material for a wood industry, pulp and paper, furniture manufacturing and energy production. Breeding programs have contributed to increasing the productivity and quality of the products of this species. This success is mainly due to the use of hybridization, using a controlled pollination. This technique is useful for the advantages of a hybrid synthesis, besides providing knowledge of the general capacity and for the specific combination of the matrices, the possibility of crossing between relatives with specific characteristics for the forest improvement. For this well-being to be successful, there must be a matter of utmost importance for the use of a viable, properly manipulated, including collection, extraction, drying, storage and analysis of its viability. The present work had as objective to establish a better technique to indicate the viability of Eucalyptus brassiana and Eucalyptus urophylla pollen. The work was carried out in the Pollen Laboratory of Embrapa Florestas, in the municipality of Colombo - Paraná. In this study, the pollen of two species of the genus Eucalyptus was used: E. brassiana S.T. Blake, E. urophylla S.T. Blake. For the in vitro germination tests different culture media were used considering Brewbaker & Kwack medium, and different types of sugars: sucrose, fructose, lactose, galactose, glucose. The germination assays were performed in randomized blocks with four replicates and a 300 gram count. The grains that presented the pollen tube larger than its larger diameter were considered as germinated. Analysis of viability through specific dyes, using and using different dyes and concentrations: 2,3,5 Chloride Of triphenyltetrazolium (TTC) with concentrations of 0.5%, 1.0% and 1.5% and Lactophenol Blue the 1 %. With this, it was possible to improve adequate techniques for the feasibility tests of E. urophylla and E. brassiana pollen employed in the work. The sugar that was most efficient for a higher percentage of germination, 79.17% and 63.50% for E. urophylla and E. brassiana, respectively, and the dye that best expressed a pollen viability for 2,3,5 Chloride Of triphenyltetrazolium at a concentration of 1.5% for 60 minutes.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7752
Aparece nas coleções:DV - Engenharia Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COENF_2016_2_01.pdf1,6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.