Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7799
Título: Avaliação da qualidade do carvão de quatro espécies florestais
Título(s) alternativo(s): Evaluation of coal quality of four forest species
Autor(es): Arruda, Rodrigo Huffner
Orientador(es): França, Ramiro Faria
Palavras-chave: Carvão vegetal
Energia - Fontes alternativas
Carbonização
Charcoal
Renewable energy sources
Carbonization
Data do documento: 9-Dez-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: ARRUDA, Rodrigo Hüffner. Avaliação da qualidade do carvão de quatro espécies florestais. 2016. 29 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2016.
Resumo: O carvão vegetal é um subproduto da carbonização da madeira, que é uma fonte energética de caráter renovável, o Brasil é o país que mais produz carvão vegetal, e também é o pais com maior consumo, sendo o único país do mundo a utilizar o carvão vegetal em escala industrial. O objetivo deste trabalho foi Avaliar a qualidade do carvão vegetal de 4 espécies florestais, caracterizando o material e indicando as espécies com maior potencial para utilização. As espécies estudadas foram Mimosa scabrella Benth. (Fabaceae); Hovenia dulcis Thunb. (Rhamnaceae);Eucalyptus grandis W. Mill ex Maiden (Myrtaceae); Pinus sp. As amostras foram divididas em vinte corpos de prova para cada espécie, que foram carbonizadas ,com uma taxa de aquecimento de 1,5°C/minuto, foram feitos avaliações químicas e físicas do material carbonizado, O E. grandis foi o que apresentou maior porcentagem de carbono fixo, Pinus sp e H. dulcis não se diferenciaram estatisticamente e apresentaram o segundo melhor resultado, para valores encontrados de poder calorífico o Eucalyptus grandis apresentou o melhor resultado de 8357 Kcal/kg e a Houvenia. dulcis o mais baixo potencial energético de 7813kcal/kg .Das quatro espécies florestais avaliadas, o E. grandis foi o que apresentou os resultados mais satisfatórios, o rendimento do carvão vegetal de todas as espécies analisadas apresentaram estar proporcionalmente correlacionados ao teor de umidade da madeira, quanto maior o teor de umidade da madeira menor o rendimento de carvão.
Abstract: Charcoal is a byproduct of the carbonization of wood, which is a renewable energy source, Brazil is the country that produces the most charcoal, and it is also the country with the highest consumption, being the only country in the world to use coal On an industrial scale. The objective of this work was to evaluate the charcoal quality of 4 forest species, characterizing the material and indicating the species with the greatest potential for use. The species studied were Mimosa scabrella Benth. (Fabaceae); Hovenia dulcis Thunb. (Rhamnaceae), Eucalyptus grandis W. Mill ex Maiden (Myrtaceae); Pinus sp. The samples were divided into twenty test specimens for each species, which were carbonized, with a heating rate of 1.5 ° C / minute, chemical and physical evaluations of the carbonized material were done, E. grandis was the one with the highest The percentage of fixed carbon, Pinus sp and H. dulcis did not differ statistically and presented the second best result, for values of calorific value, Eucalyptus grandis presented the best result of 8357 Kcal / kg and Houvenia dulcis the highest yield potential of 7813 kcal / kg. Of the four forest species evaluated, E. grandis was the one that presented the most satisfactory results, the charcoal yield of all species analyzed were proportionally correlated to the moisture content of the wood , The higher the wood moisture content the lower the coal yield.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7799
Aparece nas coleções:DV - Engenharia Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COENF_2016_2_22.pdf827,83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.