Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7978
Título: Manejo da adubação do bambu Dendrocalamus giganteus Wallich ex Munro em área experimental
Título(s) alternativo(s): Dendrocalamus bamboo fertilization management giganteus Wallich ex Munro in experimental area
Autor(es): Lima, Simone Gonçalves de
Orientador(es): Pocojeski, Elisandra
Palavras-chave: Bambú
Adubos e fertilizantes
Florestas - Manejo
Bamboo
Fertilizers
Forest management
Data do documento: 14-Jun-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: LIMA, Simone Gonçalves de. Manejo da adubação do bambu Dendrocalamus giganteus Wallich ex Munro em área experimental. 2016. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2016.
Resumo: Devido à alta procura por madeira e seus derivados, busca-se pesquisa por materiais alternativos, renováveis que possam suprir esta demanda. O bambu se evidencia como um produto excelente devido suas características como baixo custo, facilidade de obtenção e fácil adaptação. Apesar da crescente procura por bambu, há carência de pesquisas, com conhecimento adequado sobre o correto manejo de adubação nas florestas de bambus. Tem-se como objetivo deste trabalho avaliar a resposta do bambu Dendrocalamus giganteus a doses de nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K). O experimento está implantado na área experimental da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus Dois Vizinhos. O arranjo experimental é composto por 3 experimentos com 4 parcelas cada, sendo que cada parcela possui 5 linhas e 4 plantas em cada linha, portanto 4 parcelas para cada nutriente (N, P e K). Cada linha foi uma repetição e recebeu uma dose de um dos nutrientes, ou seja, para cada parcela 5 doses do nutriente. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados (DBC). Os tratamentos utilizados foram doses de P: 0, 40, 80, 120 e 160kg ha-1; de K: 0, 30, 60, 90 e 120kg ha-1e de N: 0, 40, 80, 120, 160kg ha-1. Os produtos utilizados foram superfosfato triplo, cloreto de potássio e ureia, respectivamente. Além das doses de N, P e K do experimento, foi utilizada uma dose padrão para as plantas dos nutrientes que não são tratamento. Assim, no tratamento com doses de P foi adicionada uma dose de 80kg de N ha-1 e de 60kg de K ha-1 para todas as plantas. No tratamento com doses de K foi adicionada uma dose de 80kg de N ha-1 e 80kg de P ha-1. E, no tratamento com doses de N foi adicionada uma dose de 80kg de P ha-1 e 60kg de K ha-1. As avaliações realizadas foram número de varas por touceira, altura e circunferência à 0,10m do solo de cada vara, número de brotos por touceira, altura e circunferência à 0,10m do solo de cada broto, contagem dos brotos menores que 0,10m do solo, e estimativa da área de copa das touceiras. Os resultados obtidos foram analisados estatisticamente, com a análise de variância e análise de regressão. Como resultado somente a variável circunferência do broto obteve resposta significativa, sendo que as demais não tiveram respostas significativas em função das doses de fertilizantes. Este fato pode estar relacionado ao tempo de intervalo entre a adubação e as avaliações. Sugerindo-se novas avaliações ao longo do tempo, bem como outros experimentos sejam realizados para avaliar a resposta do bambu à aplicação de nutrientes.
Abstract: Due to the high demand for wood and its derivatives, the aim is to search for alternative, renewable materials that can meet this demand. Bamboo is evident as an excellent product because its characteristics as low cost, easy to obtain and easy adaptation. Despite the growing demand for bamboo, there is a lack of research, with adequate knowledge about the correct handling of fertilizer in the forests of bamboos. It has been the objective of this study was to evaluate the response of bamboo Dendrocalamus giganteus the nitrogen (N), phosphorus (P) and potassium (K). The experiment is implemented in the experimental area of the Federal Technological University of Paraná, Campus Two Neighbors. The experimental setup consists of 3 experiments each with 4 portions, each portion has 5 rows and 4 plants in each row, so four portions for each nutrient (N, P and K). Each line was a repeat and received a dose of a nutrient, or for each portion 5 nutrient doses. The experimental design was a randomized block design (RBD). The treatments were P doses: 0, 40, 80, 120 and 160kg ha-1; K: 0, 30, 60, 90 and 120 kg ha-1 and N: 0, 40, 80, 120, 160 kg ha-1. The products used were triple superphosphate, potassium chloride and urea, respectively. In addition to the amounts of N, P and K of the experiment, a standard dose was used for plants of nutrients that are not treatment. Thus, treatment with doses of P was added a dose of 80 kg N ha-1 and 60 kg ha-1 K for all plants. Treatment with K fertilization was added a dose of 80 kg N ha-1 and P 80kg ha-1. And, in the treatment with N concentrations was added a dose of 80kg P and 60kg ha-1 K-1 ha. The evaluations were number of sticks per plant, height and circumference at ground 0.10 m of each beam, number of shoots per plant, height and circumference at the ground of each bud 0.10m, counting the smaller shoots to 0.10m soil, and estimation of the crown area of tussocks. The results were statistically analyzed with analysis of variance and regression analysis. As a result only the variable circumference of the shoot had a significant response, and the other had no significant responses in terms of fertilizer doses. This fact may be related to the time interval between fertilization and evaluations. suggesting new-assessments over time as well as other experiments are performed to evaluate the bamboo response to the application of nutrients.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7978
Aparece nas coleções:DV - Engenharia Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COENF_2016_1_13.pdf2,75 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.