Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7989
Título: Indicadores de sustentabilidade em saneamento na região metropolitana de Londrina
Título(s) alternativo(s): Sustainability indicators in sanitation in Londrina metro area
Autor(es): Linares, Eduardo Bueno
Orientador(es): Batista, Lígia Flávia Antunes
Palavras-chave: Sustentabilidade
Indicadores ambientais
Saneamento
Análise espacial (Estatística)
Sustainability
Environmental indicators
Sanitation
Spatial analysis (Statistics)
Data do documento: 22-Jun-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: LINARES, Eduardo Bueno. Indicadores de sustentabilidade em saneamento na região metropolitana de Londrina. 2017. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2017.
Resumo: Indicadores de sustentabilidade foram criados pela Organização das Nações Unidas a partir da promulgação da Agenda 21 e têm como atribuição o auxílio no planejamento de cidades e nações. Estudar tais indicadores de uma região metropolitana é de suma importância para a o planejamento sustentável da mesma. A região em estudo foi a Região Metropolitana de Londrina (RML), que influencia nos cenários econômicos, demográficos, sociais do estado do Paraná. Dados que possibilitam a avaliação dos indicadores são coletados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em todo território nacional por meio de censos demográficos. O saneamento, objetivo de estudo deste trabalho, é uma das categorias utilizadas para mensurar índices de qualidade de vida. Este trabalho objetiva analisar a variabilidade espacial dos indicadores do saneamento na RML, e para isto foram utilizadas ferramentas como as métricas de Moran e LISA, em conjunto com mapas temáticos, coeficientes de Pearson, gráficos de dispersão, análise exploratória. É importante destacar que 14,3% dos setores censitários são rurais e 87,3% são urbanos. Por meio das análises foi possível verificar um padrão de distribuição para urbano e rural o qual mostrou que o abastecimento de água e esgoto via rede geral, e coleta de resíduos sólidos por empresa coletora; sendo aproximadamente 67%, 52% e 69% dos setores censitários respectivamente. Por outro lado, áreas rurais apresentam padronização para abastecimento de água via poço ou nascente com aproximadamente 16% dos setores, esgotamento via fossa rudimentar com 30% dos setores e queima dos resíduos em aproximadamente 15,34% dos setores. Por meio dos gráficos de dispersão para a influência de dados socioeconômicos, como renda e escolaridade, demonstrou-se que não há tendências para o fornecimento dos serviços. Em adição, a análise temporal entre os censos de 2000 e 2010 apontou avanços no abastecimento de água e esgotamento sanitário via rede geral e coleta de resíduos sólidos por empresa coletora para a cidade de Londrina.
Abstract: Sustainability indicators was made by United Nations as a product of Agenda 21, and it help in cities and nations’ planning. The study of these indicators in a metro areas is important for the sustainable planning of them. The center of this study was the Londrina metro area which has influence in the state scenario. The database is provided by a Brazilian Institute which collect those data by a demographic census that is done each 10 years. The sanitation, object of this thesis, is one of the categories that help in the formulation of a life qualities’ index. To reach the objectives of this thesis were uses tools as Moran’s index and LISA, thematic maps, Pearson coefficients, scatter plots and exploratory data analysis (EDA). It’s important to highlight that 14.3% of the census tracts are rural and 87.3% are urban tracts. Through the analyzes was possible to verify a pattern distribution for urban and rural, which showed that the water supply and sewage via general network, and solid waste collection by a collecting company with approximately 67%, 52% and 69% of the census tracts respectively. On the other hand, rural areas show a standardization for water supply via well or river spring with approximately 16% of the tracts, sewage via rudimentary septic tank with 30% of the census sectors and the burning of the residues in approximately 15.34% of the sectors. By means of scatter plots for the influence of socioeconomic data, such as income and schooling, it has been shown that there are no trends for the provision of services. In addition, the temporal analysis between the census of 2000 and 2010 indicated advances in water supply and sanitary sewage through general network and solid waste collection by a collecting company in the city of Londrina.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/7989
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2017_1_08.pdf3,69 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.