Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8053
Título: Holden Caulfield e a marginalização do sujeito: representação literária do indivíduo à margem
Autor(es): Borella, Gabriel Both
Orientador(es): Wolkoff, Gisele Giandoni
Palavras-chave: Exclusão social
Literatura comparada
Literatura - Análise
Marginality, Social
Literature, Comparative
Literature - Analysis
Data do documento: 24-Jun-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: BORELLA, Gabriel Both. Holden Caulfield e a marginalização do sujeito: representação literária do indivíduo à margem. 2015. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2015.
Resumo: O objetivo deste trabalho é apresentar uma leitura crítica, a partir do Brasil, do romance O apanhador no campo de centeio, do escritor americano J. D. Salinger (1919-2010), publicado em 1951. Mostramos, a partir de uma perspectiva social e, sobretudo, psicológica, o debate acerca de questões como sujeito, identidade, sociedade, marginalidade e guerra contidas no romance e expostas por seu protagonista, Holden Caulfield. Entendemos que ele é o sujeito que rejeita o American way of life e, por isso, é uma figura simbólica da marginalidade. A marginalidade e o enfrentamento das instituições são fatores que contribuem para que possamos caracterizar Caulfield como um sujeito descentrado, complexo, desprovido de um caráter lógico e racional. Para finalizar, apontamos que este trabalho ressalta a contradição de valores presentes (centro e margem, "American way of live" e "a vida à margem") em O apanhador, bem como a complexidade de Holden Caulfield enquanto um adolescente-adulto e a importância da subjetividade no romance.
Abstract: The aim of this work is to present a critical reading, departing from Brazil, of the novel The catcher in the rye, first published in 1951, by the North American writer J. D. Salinger (1919-2010). Based on a social and psychological perspective, we show the discussion of issues such as subject, identity, society, marginalization and war, which are part of the novel and exposed by its main character, Holden Caulfield. We understand that he is the subject who rejects the American way of life, therefore, he is a symbolic figure of marginalization. The marginalization and the confrontation of institutions are factors that help build/characterize Caulfield as a decentered subject, a complex individual that does not have a logical or rational nature. At last, this writing highlights the contradiction of values (center x margin, "the American way of life x the marginal way of living") in The catcher, as well the complexity of Holden Caulfield in his adolescence-adulthood years and the importance of subjectivity in the novel.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8053
Aparece nas coleções:PB - Licenciatura em Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_COLET_2015_1_06.pdf748,57 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.