Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8187
Título: Caracterização de biopolímeros extraídos da babosa (Aloe arborescens) e avaliação no processo de floculação e coagulação no tratamento de água
Título(s) alternativo(s): Characterization of biopolymer extracted from babosa (Aloe arborescens) and evaluation in the process of floculation and coagulation in water treatment
Autor(es): Santos, Wendell da Silva
Orientador(es): Rocha, Raquel Dalla Costa da
Palavras-chave: Biodegradação
Polissacarídeos
Água - Purificação - Coagulação
Água - Purificação - Floculação
Biodegradation
Polysaccharides
Water - Purification - Coagulation
Water - Purification - Flocculation
Data do documento: 23-Jun-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: SANTOS, Wendell da Silva. Caracterização de biopolímeros extraídos da babosa (Aloe arborescens) e avaliação no processo de floculação e coagulação no tratamento de água. 2017. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2017.
Resumo: As plantas mucilaginosas vêm, a cada dia, sendo mais estudadas no processo de floculação/coagulação com a finalidade de avaliar sua eficiência no tratamento de água, buscando diminuir o uso de floculantes inorgânicos ou até mesmo substituí-los por esses biomateriais. Pensando nisso, o objetivo principal do trabalho foi caracterizar e avaliar o biopolímero da Aloe arborescens no processo de floculação/coagulação no tratamento de água superficiais. Para isso o polímero natural foi caracterizado quimicamente por espectroscopia na região do infravermelho médio por transformada de Fourier (IV-TF), difratometria de raio X (DRX) e por microscopia eletrônica de varredura (MEV). A mucilagem foi estudada estatisticamente por delineamento composto central 23 para avaliar sua eficiência no processo de floculação/coagulação. A caracterização estrutural mostrou que o biopolímero estudado é um composto glicoproteico, que apresenta estrutura amorfa, com adesão das partículas menores às superfícies das partículas maiores, podendo indicar que a mucilagem da Aloe arborescens pode ser um bom agente floculante. No processo de tratamento houveram reduções na turbidez (0,00 – 46,79%) que não se mostraram estatisticamente significativas e reduções dos compostos húmicos, que absorvem na região UV254 (0,00 – 55,72%) e aromáticos, que absorvem na região UV280 (0,00 – 61,29%), apresentando valores estatisticamente significativos para a variável dependente tempo de contato na floculação (TCF) conforme o delineamento composto central. O biopolímero da Aloe arborescens pode ser considerado uma alternativa para a substituição de compostos inorgânicos, no processo de floculação/coagulação no tratamento de água, para a redução de compostos húmicos e aromáticos, assim como a produção de lodos biodegradáveis.
Abstract: The mucilaginous plants, have been frequently more studied in the process of flocculation/coagulation with the purpose of evaluate their efficiency in water treatment. Using these plants, the goal is to reduce the use of inorganic flocculants or even to replace them with these biomaterials. The main objective of this work was to characterize and evaluate the biopolymer of Aloe arborescens in the flocculation/coagulation process in superficial water treatment. To achieve this objective, the natural polymer was chemically characterized by Fourier transform infrared spectroscopy (FT-IR), X ray diffractometry (RXD) and scanning electron microscopy (SEM). The mucilage was studied statistically by central composite design 23 to evaluate its efficiency in the process of flocculation/coagulation. The structural characterization indicated that the biopolymer studied was a glycoprotein compound, which has an amorphous structure, with adhesion of the smaller particles in the surfaces of larger particles. This indicates that the mucilage of Aloe arborescens can be a good flocculating agent. In the treatment process, there were reductions in turbidity (0.00-46.79%) that were not statistically significant and reductions of the humic compounds, absorbing in the UV254 region (0.00- 55.72%) and aromatic, absorbing In the UV280 region (0.00-61.29%), according to the central composite design, presenting these statistically significant values to the contact time dependent variable in flocculation (TCF). Finally, the biopolymer of Aloe arborescens can be considered an alternative substitution for inorganic compounds - in the process of flocculation/coagulation in the treatment of water - for the reduction of humic and aromatic compounds, as well as the production of biodegradable sludge.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8187
Aparece nas coleções:PB - Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_DAQUI_2017_1_8.pdf1,19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.