Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8191
Título: Atividade antioxidante de frutos de fisális
Título(s) alternativo(s): Antioxidant activity of fruits of physalis
Autor(es): Grigolo, Chaiane Renata
Orientador(es): Oliveira, Marisa de Cacia
Palavras-chave: Antioxidantes
Açúcares (Química orgânica)
Fenóis
Antioxidants
Sugars
Phenols
Data do documento: 12-Jun-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: GRIGOLO, Chaiane Renata. Atividade antioxidante de frutos de fisális. 2017. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2017.
Resumo: Há alguns anos, os brasileiros estão mudando hábitos alimentares, passando a consumir maiores quantidades de produtos frescos e de origem orgânica. Dentre esses alimentos que promovem melhoria à saúde, encontram-se diversos frutos, entre eles, a fisális. Pertencente à família Solanaceae, a fisális tem alta aceitação a nível mundial devido ao sabor dos frutos e características medicinais. O objetivo do trabalho foi avaliar a atividade antioxidante de frutos de duas espécies de fisális (Physalis pubescens L. e Physalis peruviana L.). O cultivo foi realizado no Oeste de Santa Catarina, com os frutos colhidos quando as cápsulas apresentaram coloração amarelo palha e divididos em três grupos: frescos, refrigerados e congelados. Foram avaliados pH, sólidos solúveis totais, açúcares solúveis totais, acidez titulável, compostos fenólicos, vitamina C e atividade antioxidante. Os frutos frescos de ambas as espécies apresentaram melhores resultados para a maioria dos parâmetros analisados em relação aos frutos refrigerados e congelados. A atividade antioxidante foi maior em frutos de Physalis pubescens L., sofrendo declínio quando submetidos a temperaturas baixas. Para P. peruviana L., essa atividade manteve-se inalterada, independentemente, da condição de armazenamento a qual os frutos foram submetidos.
Abstract: A few years ago, Brazilians are changing eating habits, starting to consume larger quantities of fresh and organic products. Among these foods that promote health improvement, there are several fruits, among them, physalis. It belongs to the family Solanaceae, the physalis has high acceptance worldwide due to the fruit flavor and medicinal characteristics. The objective of this work was to evaluate the antioxidant activity of fruits of two species of physalis (Physalis pubescens and P. peruviana). The cultivation was carried out in the West of Santa Catarina, with the fruits harvested when the capsules presented yellow straw color and divided into three groups: fresh, chilled and frozen. Were evaluated pH, total soluble solids, total soluble sugars, titratable acidity, phenolic compounds, vitamin C and antioxidant activity. The fresh fruits of both species showed better results for most of the analyzed parameters in relation to the refrigerated and frozen fruits. The antioxidant activity was higher in fruits of Physalis pubescens, undergoing decline when submitted to low temperatures. For P. peruviana, this activity remained unchanged, independently, from the storage condition to which the fruits were submitted.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8191
Aparece nas coleções:PB - Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_COAGR_2017_1_04.pdf
  Disponível a partir de 5000-01-01
307,67 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.